Mundo

Menino britânico achado de madrugada em rodovia da França após 7 anos desaparecido relata ter sofrido abuso sexual, diz polícia


Alex Batty, de 17 anos, estava desaparecido desde que viajou com a mãe e o avô para a Espanha em 2017. Polícia da França diz que garoto voltará ao Reino Unido no sábado (16). Menino desaparecido há anos é encontrado na França e escreve: ‘Quero voltar pra casa’
Alex Batty, o adolescente britânico de 17 anos que estava desaparecido desde 2017 e foi encontrado na quinta-feira (14) na França, relatou ter sofrido abuso sexual na infância, segundo afirmou nesta sexta-feira a polícia francesa.
Batty, ainda de acordo com a polícia francesa, voltará ao Reino Unido no sábado (16), depois de sete anos desaparecido. Ele foi encontrado no sul da França por um entregador, que estranhou. A mãe dele é a principal suspeita pelo desaparecimento.
Segundo a polícia britânica, ela havia perdido a guarda do filho na ocasião. Nesta quinta, policiais franceses disseram suspeitar que a mulher fugiu para a Finlândia.
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
Os policiais responsáveis pelo caso ouviram o jovem nesta manhã. Eles não detalharam se adolescente relatou quem foi o autor do abuso que, ainda segundo a polícia, ele afirma ter sofrido na infância.
Ao entregador, o adolescente relatou que queria voltar para casa, no Reino Unido. Quando desapareceu, sua avó paterna era sua tutora legal. Segundo as investigações do caso no Reino Unido, a mãe do menino se negava a levá-lo à escola e queria morar com um filho em comunidades alternativas.
Jovem foi encontrado em rodovia
Imagem de Alex Batty, em 2017, antes de desaparecer em viagem para a Espanha
Greater Manchester Police/Reprodução via Reuters
O adolescente foi encontrado durante a madrugada pelo entregador Fabien Accidini. Ele contou à rede de TV francesa TF1 que viu o rapaz com um skate, uma lanterna e uma mochila nas costas andando pela rodovia durante a madrugada.
O motorista então teria chamado a atenção do adolescente e oferecido ajuda. Alex pediu ao homem que enviasse uma mensagem para sua avó, no Reino Unido.
“Olá vovó, sou eu, Alex. Estou na França, em Toulouse. Espero muito que você receba esta mensagem. Eu te amo. Quero voltar para casa”, dizia o texto.
Ainda segundo Fabien Accidini, ele percebeu que o garoto não era francês e perguntou como ele havia chegado ali.
Após ouvir brevemente a história, Fabien levou o garoto à polícia local, que confirmou a identidade do adolescente inglês e começou o processo para sua repatriação.
Alex — então com 11 anos — desapareceu durante uma viagem com a mãe, Melanie, e o avô, David, a Málaga, na Espanha, em 2017.
Segundo Susan, a avó de Alex, a mãe dele foi responsável pelo sequestro. Em entrevista para a BBC, ela diz que a mãe não tinha a guarda da criança e que agiu em companhia com o avô.
O paradeiro da mãe e do avô de Alex ainda é desconhecido.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »