Brasil

PF e Exército destroem R$ 20 milhões em maquinários durante operação contra o garimpo ilegal em MT

A PF (Polícia Federal) destruiu R$ 20 milhões em maquinários durante operação contra o garimpo ilegal em Pontes e Lacerda, no Mato Grosso. Denominada Operação Mamon, a ação, realizada em conjunto com a Operação Ágata Fronteira Oeste II, do Exército Brasileira, visa reprimir os ilícitos ambientais de extração ilegal de ouro e usurpação de bens da União ocorridos no interior da Terra Indígena Sararé situada no município. Os agentes fizeram incursões pela floresta durante três dias. Foram utilizadas aeronaves para o acompanhamento e proteção das equipes que atuaram em solo. Durante as buscas aéreas foram localizados maquinários e petrechos utilizados pelos criminosos, muitos dos quais estavam escondidos nas matas. Foram destruídos 17 pás carregadeiras e 17 motores de dragagem, além de terem sido localizadas diversas estruturas de madeira usadas pelos garimpeiros como bases. No total, foram R$ 20 milhões de prejuízo estimado para a organização criminosa. A medida foi necessária, diante das circunstâncias, para evitar o uso e aproveitamento indevido desses bens, encontrados em toda a extensão da área protegida. Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em propriedades rurais que fazem limite com a TI Sararé, para a apuração de indícios de que sejam utilizadas como base para os suspeitos e acesso ilegal ao território indígena, tanto de pessoas quanto dos maquinários. Segundo a PF, as investigações continuam a fim de identificar financiadores da atividade ilegal.

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »