Brasil

Lula decide não desmembrar Ministério da Justiça e Segurança Pública

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu não desmembrar o Ministério da Justiça e Segurança Pública após a saída do ministro Flávio Dino do cargo. A informação foi confirmada pelo líder do governo no Senado, senador Jaques Wagner (PT-BA), em declaração dada nesta segunda-feira, 18. Segundo Wagner, o presidente Lula comunicou sua decisão nas últimas 24 horas. O senador afirmou que questionou diretamente o presidente sobre a possibilidade de dividir o ministério, e Lula foi claro ao dizer que não pretende fazer isso. A ideia de separar as pastas chegou a ser cogitada no início do governo, mas foi abandonada a pedido de Dino. O ministro deixará o cargo em fevereiro do próximo ano para assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

Questionado sobre o nome do próximo ministro da Justiça, Wagner preferiu não adiantar informações. De acordo com ele, o presidente Lula ainda está definindo a sucessão e não será pressionado a nomear alguém. A escolha será feita de forma criteriosa e sem interferências externas. Com essa decisão, o presidente Lula mantém a estrutura atual do Ministério da Justiça e Segurança Pública, garantindo a continuidade das políticas e ações em andamento. A expectativa agora é aguardar o anúncio do novo ministro, que será responsável por dar continuidade ao trabalho realizado até o momento.

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »