Brasil

Deputado do PT agride parlamentar da oposição durante sessão no Plenário da Câmara

O deputado Washington Quaquá (PT-RJ) agrediu com um tapa o também deputado Messias Donato (Republicanos-ES) durante a sessão de promulgação da reforma tributária no plenário da Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, 20. Um vídeo divulgado nas redes sociais, mostra o petista dando um tapa no colega e usando um termo homofóbico para ofedner o oposicionaista. A confusão ocorreu enquanto o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já estava presente no Plenário, enquanto base e oposição trocavam palavras de ordem. Durante a discussão, Quaquá afirmou que iria representar contra Donato no Conselho de Ética. No entanto, como o petista estava de costas, não é possível ouvir o que ele disse. Em seguida, Quaquá proferiu a ofensa homofóbica. Donato segurou o braço do petista, que filmava a cena com o celular, e então Quaquá desferiu o tapa. A confusão foi separada por outros parlamentares e ocorreu próximo à tribuna onde estavam as demais autoridades.

Nas redes sociais, parlamentares da oposição estão pedindo a cassação de Quaquá. Júlia Zanatta (PL-SC) afirmou que o PL irá solicitar a cassação do mandato do deputado no Conselho de Ética da Câmara. “É inaceitável a agressão física a qualquer pessoa na Câmara dos Deputados. Vamos solicitar sua cassação no Conselho de Ética!”, publicou. Caroline de Toni, Nikolas Ferreira e outros deputados também fizeram postagens semelhantes, cobrando punição ao petista. Donato também se manifestou nas redes sociais reforçando que irá entrar com uma representação contra Quaquá. “Vou ingressar com uma representação por essa conduta inaceitável dentro do parlamento. Essa ação violenta e incompatível com o decoro não pode passar impune”, escreveu o deputado. A reportagem tenta contato com deputado Washington Quaquá.

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »