Brasil

Gaza sofre novo apagão nos serviços de internet e comunicação em meio a ataques de Israel

Os serviços de internet e comunicação na Faixa de Gaza foram totalmente interrompidas nesta terça-feira, 26, devido aos ataques contínuos do Exército israelense, informou a provedora palestina Paltel, em mais um apagão desde o início da guerra entre Israel e o grupo islâmico Hamas. “Lamentamos anunciar a interrupção total dos serviços fixos de telecomunicações e internet na Faixa de Gaza devido à ofensiva em andamento. Nossas equipes técnicas estão trabalhando para restaurar os serviços, apesar das condições perigosas no local”, disse a empresa em sua conta na rede social X, o antigo Twitter. O enclave palestino sofreu várias interrupções de energia como resultado da escalada. Na última sexta-feira, a Paltel anunciou a restauração do serviço após um apagão dois dias antes.

A guerra estourou em 7 de outubro, após um ataque do Hamas que incluiu disparos de foguetes e a infiltração simultânea de cerca de 3.000 milicianos que massacraram cerca de 1.200 pessoas e sequestraram outras 250 em cidades próximas à Faixa de Gaza. Desde então, o Exército israelense tem mantido uma forte ofensiva aérea, terrestre e marítima contra o enclave palestino, onde quase 21.000 pessoas foram mortas e 55.000 ficaram feridas. O bombardeio constante destruiu várias infraestruturas civis, como casas, escolas, hospitais, templos, estações de tratamento e abastecimento de água, além de instalações de telecomunicações e de fornecimento de energia. A guerra também deixou cerca de 1,9 milhão de pessoas deslocadas na Faixa de Gaza, 85% da população total do enclave, vivendo em meio a uma crise humanitária sem precedentes devido ao colapso dos hospitais, ao surto de epidemias e à escassez de água potável, alimentos, remédios, eletricidade e combustível.

*Com informações da EFE

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »