Brasil

Rebeldes huthis reivindicam tiro de míssil contra navio no Mar Vermelho e ataque de drones a Israel

Os rebeldes huthis do Iêmen, apoiados pelo Irã, afirmaram, nesta terça-feira, 26, que efetuaram um disparo de míssil contra um navio de carga no Mar Vermelho e um ataque com drones em direção a Israel. Os huthis, que se declaram solidários ao movimento islamista palestino Hamas em sua guerra contra Israel em Gaza, informaram, por meio de nota, que realizaram “uma operação dirigida contra um navio comercial”, identificado como “MSC UNITED”, e atiraram “drones contra alvos militares” no sul de Israel. Esses ataques são os últimos de uma série de disparos de mísseis e lançamentos de drones realizados pelos huthis desde o início da guerra entre Israel e Hamas em 7 de outubro. Os rebeldes alertaram que podem tomar como alvo qualquer navio com vínculos com Israel que navegue em frente ao litoral do Iêmen.

A agência de segurança marítima do Exército britânico (UKMTO) indicou nesta terça-feira que havia “ouvido explosões e avistado mísseis” perto do porto de Hodeida, na costa ocidental do Iêmen, sem nenhuma consequência para um navio que navegava pela região nem para seus tripulantes. A mesma entidade reportou explosões perto de outro barco nas imediações de Hodeida. Também disseram ter ouvido explosões em frente ao litoral do Sinai egípcio, indicou a imprensa desse país, antes de o Exército israelense informar que interceptou objetos em voo sobre o Mar Vermelho.

Segundo o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, desde o início da guerra em Gaza, os huthis lançaram 100 ataques com drones e mísseis contra 12 navios mercantes. Os Estados Unidos formaram uma coalizão, à qual se uniram mais de 20 países, para proteger a navegação no Mar Vermelho, por onde transita grande parte do comércio mundial. Os huthis também lançaram ataques contra Israel, que, em sua grande maioria, não atingiram seus alvos.

*Com informações da agência AFP

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »