Geral

Réveillon na Paulista terá esquema de segurança especial; confira

O Réveillon na Paulista terá segurança reforçada para dar mais comodidade para os paulistanos e turistas que escolheram a avenida para festejar a virada do ano. A Secretária de Segurança Pública de São Paulo informou em nota que o esquema de segurança contará com helicóptero, drones e 1,6 mil policiais e que começará pela manhã, durante a corrida de São Silvestre. “As mais de 24h de evento, que começam ainda na manhã do dia 31 de dezembro, com a 98ª edição da tradicional corrida São Silvestre, terão com um mega-esquema de segurança, com a utilização de helicópteros e drones no patrulhamento aéreo”, diz a nota. Por terra, os policiais, que vão estar a pé, de motocicletas e viaturas convencionais, além das Bases Comunitárias Móveis (BCM), estarão presentes em toda a área que abrange os palcos.

“A operação, de caráter preventivo, se empenhará em desenvolver trabalhos de inteligência policial, com pontos estratégicos de observação. O Helicóptero Águia e drones também serão usados para sobrevoar os locais com o objetivo de identificar possíveis situações de perigo”, diz a SSP, que também informa que a operação vai contar com os Bombeiros, Polícias Civil e Técnico- Científica, a Guarda Civil Municipal, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Corpo de Seguranças do Metrô de São Paulo e da Via Quatro. A festa na capital paulista terá shows de Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo, Ton Carfi e Paloma Possi, Claudia Leitte, DJ Cranmarry, Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Alegre e o Baile do Simonal, que convida Léo Maia, Ellen Oléria e Ivo Meirelles. Quem puxará a contagem regressiva para a virada é a dupla Chitãozinho e Xororó, que começam a se apresentas às 23h e vão cantar ‘Evidências’ na hora da despedida de 2023.

Segundo a prefeitura de São Paulo, o Réveillon na Paulista deste ano inaugura as celebrações dos 470 anos da cidade, que traz, até o carnaval de 2024, atrações e ações em homenagem à maior cidade da América Latina. O palco deste ano faz referência a lugares icônicos da cidade, como a Estação da Luz e a Catedral da Sé. Pelo cronograma, a parte estrutural estará concluída nesta quarta, e será retirada a partir do dia 1º. Para acompanhar e garantir segurança no deslocamento da população para as festividades, de domingo, 31, para segunda-feira, 1, será preparada uma operação nos metrôs: as estações Paraíso, Brigadeiro, Trianon-Masp e todas na Linha 2-Verde, ficarão abertas para embarque e desembarque durante toda a madrugada. Já as demais estações do Metrô, das Linhas 1-Azul, 3-Vermelha e 15-Prata, permanecerão abertas para embarque e desembarque até às 2h da manhã do dia 1º e, após, funcionarão apenas para desembarque dos passageiros. Por questões de segurança, a estação Consolação da Linha 2-Verde, parada mais próxima das festas de Réveillon, será fechada para embarque às 16h do domingo e reabrirá às 4h40 de segunda-feira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »