Geral

Ministro da Justiça de Israel acusa Suprema Corte de ‘assumir todos os poderes’

O ministro da Justiça de Israel, Yariv Levin, fez uma acusação contra a Suprema Corte nesta segunda-feira, 1. Segundo ele, a entidade “assumir todos os poderes” depois que o tribunal invalidou uma disposição-chave da polêmica reforma judicial do governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Em sua decisão, “os juízes tomam para si todos os poderes, que em um sistema democrático são distribuídos de forma equilibrada entre os Três Poderes” do Estado, escreveu Levin, artífice da reforma, no Telegram. “Silencia a voz de milhões de cidadãos”, acrescentou. A mesma lei foi criada pelo atual primeiro-ministro no último ano e causou inúmeros protestos contrários ao governo de Netanyahu. A reforma teria o poder de enfraquecer as decisões do Supremo com o veto do Legislativo, além de impossibilitar anulações do poder em relação a decisões governamentais e ministeriais.

*Com informações da Agência AFP.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »