Geral

Réveillon do Rio de Janeiro bate recorde com quase mil toneladas de resíduos 

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) realizou a operação de limpeza do Réveillon 2023, retirando um total de 969 toneladas de resíduos nos palcos oficiais montados em diversos bairros do Rio de Janeiro. A maior quantidade de resíduos, 484 toneladas, foi registrada em Copacabana, um aumento de 40 toneladas em relação ao ano anterior. Já na Barra da Tijuca, foram recolhidas 140 toneladas, um pequeno acréscimo em comparação com a virada do ano anterior, que teve 137 toneladas. O presidente da Comlurb, Flávio Lopes, afirmou que o réveillon foi bastante intenso, mas a operação foi um sucesso. A segurança foi um ponto positivo, com poucas ocorrências, facilitando o trabalho da equipe. Mesmo com um volume maior de resíduos em comparação ao ano anterior, a operação foi antecipada e concluída pela manhã. A Avenida Atlântica, em Copacabana, foi lavada e devolvida à população como área de lazer. Além disso, os garis também concluíram a tarefa de peneirar a areia da praia.

A megaoperação de limpeza contou com um efetivo de 4.778 garis, o maior da história para a festa. Em Copacabana, mais de dois mil garis trabalharam durante a noite e a manhã. A Comlurb também contou com o apoio de 215 veículos, incluindo compactadores, basculantes, caminhões-baú com sanitário, micro-ônibus, varredeiras e pipas d’água para lavagem das pistas. Além disso, foram disponibilizados contêineres e caixas metálicas para o descarte correto dos resíduos. Após o fim da operação especial de réveillon, a Comlurb se dedicará ao planejamento para o carnaval 2024 e para a reunião do G20, que acontecerá no Rio de Janeiro. O presidente da Comlurb destacou que a cidade ficará muito cheia durante o carnaval e que o encontro do G20 também demandará muito da equipe. Portanto, a empresa está finalizando o réveillon e concluindo o planejamento para esses dois grandes eventos que a cidade sediará.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »