Tecnologia

Índia iguala NASA e coloca em órbita satélite para estudar buracos negros

Segunda-feira, dia primeiro de janeiro de 2023. O relógio apontava para as 9h10, no horário local da Índia. A Ilha de Sriharikota presenciou um dos maiores feitos da história do país.

A agência espacial indiana concluiu com sucesso o lançamento do seu primeiro satélite para estudar buracos negros e outros objetos celestes usando um observatório astronômico.

O país asiático se tornou, assim, o segundo do mundo apenas a colocar em órbita uma iniciativa como essa, ao lado dos Estados Unidos – via NASA.

Segundo as autoridades, o satélite XPoSat teve um custo aproximado de US$ 30 milhões (R$ 147 mi) e tem vida útil de 5 anos.

Leia mais

A corrida espacial da Índia

  • Com o lançamento, a Índia deu mais um passo em direção às missões espaciais tripuladas. Esse é o próximo grande objetivo.
  • Segundo informa a BBC, o chefe da Organização de Pesquisa Espacial Indiana, S. Somanath, disse que 2024 será o ano do “Gaganyaan”, que é o nome da nave orbital tripulada do país.
  • A missão será enviar um grupo de astronautas à órbita terrestre e trazê-los de volta em até três dias.
  • Se for bem-sucedida, a Índia será o quarto país a enviar seres humanos para o espaço – atualmente, apenas a Rússia, os EUA e a China já alcançaram o feito.
  • Lembrando que, no ano passado, o país mais populoso do mundo (a Índia) já havia inovado quando pousou, pela primeira vez, uma nave espacial no polo sul da Lua, além de ter enviado um foguete para estudar o Sol.
  • A Índia também quer enviar um astronauta à Lua até 2040.

O que são buracos negros

Os buracos negros são um dos fenômenos mais enigmáticos e fascinantes do universo. São regiões do espaço-tempo onde a gravidade é tão intensa que nada, nem mesmo a luz, consegue escapar de sua atração.

Como a força gravitacional é muito grande e como nem a luz consegue atravessá-lo, o buraco atrapalha bastante a exploração espacial. Por isso, a importância de estudá-los.

E o que acontece se algum objeto cair em um buraco negro?

Se um objeto, seja ele uma estrela, um planeta ou até mesmo uma nave espacial, cair em um buraco negro, ele será sugado para dentro do obejto astronômico e nunca mais voltará.

Tem outras dúvidas sobre esse fenômeno espacial? Este outro texto do Olhar Digital pode esclarecer todas elas.

As informações são do site Science Alert.

O post Índia iguala NASA e coloca em órbita satélite para estudar buracos negros apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »