Geral

Casal que dividiu o mesmo quarto na maternidade completa 50 anos de união no litoral de SP


Carlos Henrique e Neusa Maria, de 75 anos, nasceram em Santos (SP). Eles se apaixonaram em um baile, tiveram três filhos, sete netos e comemoram Bodas de Ouro. Casal nasceu no mesmo quarto em Santos, SP, e está casado há 50 anos
Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
Uma história de reencontros tida como um ‘resgate espiritual’ resultou em bodas de ouro. Carlos Henrique Neves de Matos e Neusa Maria Jovino Gonçalves de Matos nasceram no mesmo dia e estiveram juntos no mesmo quarto na Casa de Saúde de Santos, no litoral de São Paulo. Aos 75 anos, eles celebram 50 de casados, com três filhos e sete netos. “História única”, comentou ele.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Tudo começou em 1º de janeiro de 1949, quando os dois nasceram. Neusa veio ao mundo pela manhã, e Carlos à noite. Esse primeiro contato, porém, fica marcado pela coincidência e o rumo que a vida de ambos iria tomar.
A primeira conversa aconteceu apenas 20 anos mais tarde, em um baile de calouros da turma de Economia no Clube Internacional de Regatas, também em Santos (SP). Eis aí a primeira faísca. Neusa assumiu ter sentido ‘amor a primeira vista’ por Carlos.
Ambos tiveram um breve relacionamento e se afastaram, mas não por muito tempo. O reencontro definitivo aconteceu em 1973, ano em que Carlos fez o pedido de casamento. “É verdadeiramente uma história única”, disse ele.
“Para mim não existe uma explicação na realidade física, e acredito em um resgate espiritual, no qual nos comprometemos a resgatar rusgas de vidas anteriores”, disse Carlos.
Casal que ficou no mesmo quarto ao nascer se reencontra e está junto há 50 anos
Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
Leia também
Caminhoneiro vira ‘Fera’ e invade trabalho da esposa para valsa em celebração aos 30 anos de casamento; VÍDEO
Casal transforma kombi em lar para desbravar a América após conseguir recomprar veículo: ‘predestinado’
Casal de motoristas de transporte coletivo celebra união no local onde se conheceu: ‘enchemos o ônibus’
Destinos traçados na maternidade
Assim como na música ‘Exagerado’, de Cazuza, a história de amor entre Neusa e Carlos começou na maternidade. A ‘coincidência’, segundo eles, foi descoberta durante conversas sobre o dia do nascimento.
As histórias se ‘cruzaram’ a partir da lembrança das mães deles sobre a terceira mulher que estava no quarto. Essa pessoa, descrita como alguém ‘humilde’ e que havia acabado de dar a luz, recebeu ajuda das outras mulheres na maternidade.
De acordo com os relatos, a mãe de Neusa amamentou a criança, enquanto a mãe de Carlos doou uma roupinha para vestir o terceiro recém-nascido. As histórias foram contadas pelas famílias até que as coincidências fossem identificadas pelo casal.
Relacionamento
Apesar dos ‘reencontros’, Carlos afirmou que a parte mais importante do relacionamento não está no início da história, mas na maneira como um trata o outro.
“Não vivemos até aqui pensando na origem desse relacionamento. Passamos cada um dos momentos procurando viver da melhor maneira possível, com muitos percalços, mas nunca desistindo de viver como uma família”, disse ele.
Neusa acrescentou que, após 50 anos de casados, não existe apenas um ‘segredo’ para o relacionamento duradouro. “Existe sim muita resiliência na busca de não aceitar derrotas, cada momento bom ou ruim tem que servir de aprendizado para continuar na caminhada”.
Casal se ‘conheceu’ na maternidade e está junto há 50 anos
Vanessa Rodrigues/A Tribuna Jornal
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »