Geral

Presidente da Fifa presta homenagem a Zagallo: ‘Gênio tático e padrinho do futebol brasileiro’

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, prestou uma homenagem emocionante a Mário Jorge Lobo Zagallo, exaltando sua brilhante trajetória como jogador e treinador nas Copas do Mundo. Infantino destacou o estilo de jogo genial da seleção brasileira de 1970, comandada por Zagallo, e o chamou de “gênio tático”. Além disso, ressaltou a importância do ex-jogador e treinador para o futebol brasileiro e expressou suas condolências ao Brasil, à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à família e amigos de Zagallo. “Em tempos de necessidade, o Brasil olhou para ‘O Professor’ como uma presença calmante, um guiador e um gênio tático. Ele será lembrado como o padrinho do futebol brasileiro e sua presença fará muita falta para todos no esporte, mas principalmente aqui na FIFA. A história da Copa do Mundo FIFA não pode ser contada sem Mário Zagallo”, afirmou.

Aos 92 anos, Zagallo faleceu em decorrência de falência múltipla dos órgãos, deixando um legado inestimável para o esporte. Ele foi o único tetracampeão mundial, conquistando a taça da Copa do Mundo em 1958, 1962, 1970 e 1994. Com sua partida, não há mais nenhum jogador vivo que tenha sido titular na final da Copa do Mundo de 1958, o que torna sua história ainda mais singular e marcante. O velório do “Velho Lobo” será realizado na sede da CBF, no Rio de Janeiro, e será aberto ao público, permitindo que os fãs e admiradores possam prestar suas últimas homenagens ao ícone do futebol brasileiro.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »