Mundo

Irmã de Kim Jong-un diz que Coreia do Norte responderá qualquer provocação com ‘batismo de fogo’


Afirmação de Kim Yo-jong foi feita após disparos de artilharia em região de fronteira marítima entre as duas Coreias. Península vive escalada de tensões. Kim Jong-un e sua irmã Kim Yo-jong
GETTY IMAGES
A irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo-jong, afirmou neste domingo (7) que o exército da Coreia do Norte responderá qualquer provocação com um “batismo de fogo”. A declaração foi publicada pela agência de notícias estatal KCNA.
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
A afirmação foi feita após uma escalada na tensão entre as duas Coreias. Na sexta-feira (5) e no sábado (6), a Coreia do Norte lançou mais de 200 projetos de artilharia em direção ao mar, na região da fronteira marítima com a Coreia do Sul.
Os disparos fizeram com que a Coreia do Sul respondesse com um exercício militar na sexta-feira e ordenasse que moradores de duas ilhas buscassem abrigos.
“Deixe-me ser clara mais uma vez de que nosso exército já tem seu gatilho destravado”, disse Kim no comunicado.
“Nosso exército lançará imediatamente um batismo de fogo em caso de qualquer provocação, mesmo que seja pequena.”
A irmã do líder supremo da Coreia do Norte negou que o país tenha feito disparos de artilharia no sábado. Segundo ela, houve uma detonação de explosivos como parte de uma estratégia de engano.
Ilhas em alerta
Na sexta-feira, os disparos norte-coreanos fizeram com que o governo da Coreia do Sul emitisse avisos de emergência para as ilhas de Yeonpyeong e Baengnyeong, que ficam próximas da fronteira marítima. Cerca de 7 mil pessoas vivem na região.
A Coreia do Sul afirmou que os disparos elevam as tensões na região.
A China, principal aliada da Coreia do Norte, pediu moderação e conclamou os dois lados a retomarem o diálogo.
Nas últimas semanas, a Coreia do Norte vem enviando recados para Seul e aliados do Sul. No fim de dezembro, por exemplo, Kim Jong-un ordenou que o exército se preparasse para uma possível guerra.
VÍDEOS: mais assistidos do g1

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »