Mundo

Pescador da Nova Zelândia cai no mar ao fisgar um marlim, fica 23 horas na água e é salvo por causa do reflexo do relógio de pulso


Will Fransen diz que usou o reflexo do relógio de pulso dele para tentar chamar a atenção dessa embarcação. Pescador da Nova Zelândia caiu no mar e foi salvo por causa do reflexo de relógio
No dia 2 de janeiro, Will Fransen, da Nova Zelândia, saiu para pescar em seu barco. Ele fisgou um marlim, um peixe grande, e, quando tentava puxá-lo, caiu na água, segundo relato dele mesmo.
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
Ele conta que ficou as 23 horas seguintes na água sem um colete para ajudá-lo a flutuar. Em um momento, um tubarão chegou a nadar por perto dele.
Em entrevista a uma emissora neozelandesa, ele afirmou que, geralmente, ele é uma pessoa otimista, mas que sabia que as chances de sobreviver eram baixas.
A sorte de Fransen foi perceber que um barco estava navegando na região. Ele afirma que usou o reflexo do relógio de pulso dele para tentar chamar a atenção dessa embarcação.
Pescador com o relógio que usou para escapar da morte
Reprodução
James Mcdonnell, uma das pessoas que participaram do resgate no dia 3 de janeiro, disse que Fransen foi tirado do mar muito pálido e com o corpo muito frio.
“É uma história incrível, e eu não sei se muita gente iria acreditar na gente se ele não estivesse aqui para nos contar”, afirmou.
O pescador disse que ficou queimado por causa do vento e ficou com dores no corpo, mas que não sofreu nada além disso. Ele afirmou também que vai melhorar a segurança do barco.
LEIA TAMBÉM:
Pescador sumido há 2 semanas é achado um dia após fim das buscas
Vídeo: Pescador nada 5 km até a costa após perder jangada no litoral do RN

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »