Mundo

Sheikh Hasina, primeira-ministra de Bangladesh, vence eleições e vai para o quinto mandato


No poder desde 2009, ela ganhou disputa neste domingo (7). Principal partido de oposição boicotou corrida eleitoral citando ‘uma eleição falsa’, assim como outras legendas, dizimadas nos últimos meses por após onda massiva de prisões. Sheikh Hasina, primeira-ministra de Bangladesh, discursa na Cúpula do Clima, em 2021
Reprodução/Youtube
No poder desde 2009, a primeira-ministra Sheikh Hasina venceu as eleições parlamentares realizadas neste domingo (7) em Bangladesh, de acordo com a comissão eleitoral nacional, confirmando as informações dos veículos de comunicação locais.
Hasina é a líder do partido Liga Awami, vai para o seu quinto mandato após a disputa, boicotada pela principal sigla de oposição, o Partido Nacionalista de Bangladesh (BNP, na sigla em inglês).
A Somoy TV, maior emissora de TV privada do país, havia divulgado que a Liga Awami e seus aliados ocuparam 60% dos assentos no Parlamento, após o anúncio dos resultados de 225 das 330 cadeiras.
Sheikh Hasina, de 76 anos, pediu aos eleitores que fossem às urnas a fim de demonstrar confiança no processo democrático.
Com o argumento de que as eleições não seriam livres ou honestas, houve boicote por parte do BPN, que denuncia “uma eleição falsa”, e por outros partidos, dizimados nos últimos meses por uma onda massiva de prisões.
Na manhã deste domingo, depois de votar em Daca, na capital, Hasina afirmou aos jornalistas que o BNP era uma “organização terrorista”.
A declaração ocorreu após os opositores de Hasina convocarem uma greve geral para o fim de semana, e instarem a população a não votar.
Os opositores temiam a repetição das irregularidades das eleições anteriores, vencidas pela primeira-ministra Hasina.
(Com informações da AFP)

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »