Tecnologia

Projeto quer transformar dióxido de carbono da atmosfera em fibras para construção

O dióxido de carbono (CO₂) é um dos principais gases responsáveis pelas mudanças climáticas e pelo efeito estufa, e projetos estão ficando cada vez mais criativos na tentativa de retirá-lo da atmosfera. Um novo método foi proposto por cientistas do Laboratório Nacional de Brookhaven e da Universidade de Columbia: eles querem usar reações químicas para transformar o CO₂ em nanofibras de carbono.

Leia mais:

Projetos para tratar o dióxido de carbono

Como lembrou o site New Atlas, um projeto deste ano conseguiu remover o CO₂ do ar usando um processo de fixação em bactérias vivas. Já outro, de 2023, criaram um concreto e madeira que conseguem absorver o gás. Um de 2022 queria criar a maior instalação do mundo para remoção de dióxido de carbono da atmosfera, no estado americano de Wyoming.

O projeto da vez vai usar reações eletroquímicas e termoquímicas em calor para converter o CO₂ em nanofibras de carbono, que podem ser usadas na construção, por exemplo.

Imagem: d.ee_angelo/Shutterstock

Como as fibras são feitas

  • A conversão de CO₂ em fibras já aconteceu anteriormente, mas usou temperaturas que superaram os 1.000 °C. O estudo contornou a necessidade dessa quantidade de calor dividindo o processo em alguns estágios.
  • A primeira etapa envolveu um eletrocatalisador de paládio baseado em carbono. Ele misturou o CO₂ com água (H₂O) e a submeteu a uma corrente elétrica, resultado em monóxido de carbono (CO) e hidrogênio (H₂).
  • Na segunda etapa, eles transformaram o CO em nanofibras por meio de um termocatalisador com uma liga de ferro-cobalto, usando uma temperatura de 400 °C. Apesar de alto, essa é uma temperatura muito mais aceitável que os 1.000 °C usados anteriores.
  • À medida que as nanofibras de carbono se formam, elas empurram o catalisador para longe da superfície, permitindo que o gás fosse recapturado e reutilizado para melhorar a eficiência.
  • Segundo os pesquisadores, o hidrogênio formado também pode ser capturado e reaproveitado como combustível.
Crédito: Clare Louise Jackson – Shutterstock

Para que servem as fibras de dióxido de carbono

Para além de retirar o CO₂ da atmosfera e reduzir os efeitos das mudanças climáticas, os pesquisadores afirmam que as fibras formadas no processo são superfortes e podem ser usadas na construção.

Especificamente, elas podem integrar o concreto e se manter fixadas por pelo menos 50 anos — potencialmente mais.

De acordo com os estudiosos, até lá, o mundo deve ter mudado as fontes de energia para alternativas que não emitem carbono.

O post Projeto quer transformar dióxido de carbono da atmosfera em fibras para construção apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »