Geral

Defesa de Sérgio Cabral pede anulação de condenações ao STF

A defesa de Sérgio Cabral apresentou um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para anular as condenações do ex-governador, que foram assinadas pelo juiz federal Marcelo Bretas em 2017. Os advogados argumentam que o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) não teria competência para julgar o caso e solicitam que o processo seja reiniciado na Justiça Eleitoral. Cabral foi condenado a 45 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. Desde outubro do ano passado, a defesa tem tentado alegar a falta de competência da Justiça Federal. O novo pedido ocorre após a anulação das sentenças contra o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, pelo ministro Edson Fachin.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O magistrado reconheceu que a 13ª Vara Federal de Curitiba não tinha competência para condenar Vaccari na Operação Lava-Jato e o processo foi enviado para a Justiça Eleitoral do Distrito Federal. A defesa de Cabral argumenta que os casos são semelhantes, pois as condenações do ex-governador estão relacionadas ao suposto recebimento de propina por meio de doações oficiais de campanha e à prática de lavagem de dinheiro em operações financeiras envolvendo o antigo partido PMDB.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »