Geral

Deslizamento de terra na China deixa ao menos oito morto e 47 soterrados

Um deslizamento de terra ocorreu no condado de Zhenxiong, na China, deixou ao menos oito mortos e 47 pessoas soterradas nesta segunda-feira, 22. “Oito pessoas desaparecidas foram encontradas e não apresentam sinais vitais”, anunciou a televisão pública CCTV. Além disso, cerca de 200 pessoas tiveram que ser retiradas de suas casas devido às condições climáticas adversas, com neve e temperaturas negativas. O colapso ocorreu às 5h51 (18h51 de domingo em Brasília no condado de Zhenxiong, nordeste de Yunnan, de acordo com a agência estatal Xinhua. As autoridades do condado estão realizando operações de resgate para encontrar as vítimas que estão soterradas em 18 casas. A causa do deslizamento ainda não foi divulgada, mas fotografias do local mostram a presença de neve no solo. O presidente chinês, Xi Jinping, pediu “todos os esforços possíveis”, segundo a CCTV. Xi “exigiu que se organizem rapidamente forças de resgate (…) e que se façam esforços para reduzir as baixas, medida do possível”, acrescentou a rede. O presidente também lembrou que é “necessário conduzir adequadamente o trabalho de dar alívio às famílias dos mortos e realocar as pessoas afetadas”.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

É importante ressaltar que esse incidente ocorreu pouco mais de um mês após um terremoto de magnitude 6,2 atingir o noroeste da China, entre as regiões de Gansu e Qinghai. O terremoto, que ocorreu em 18 de dezembro, resultou na morte de pelo menos 149 pessoas e na destruição de mais de 14 mil casas. Além disso, cerca de 1.000 pessoas ficaram feridas. As áreas afetadas também sofreram com fortes deslizamentos de lama, que inundaram duas aldeias na província de Qinghai. Esse terremoto foi considerado o mais forte dos últimos nove anos na China. A região montanhosa de Yunnan, onde ocorreu o deslizamento, é conhecida por sua geografia acidentada e propensa a desastres naturais. A China sofreu uma série de desastres naturais nos últimos meses, alguns causados por condições climáticas extremas. Em um deles, em agosto passado, mais de 20 pessoas morreram em um acidente ocorrido por fortes chuvas na cidade de Xi’an, no norte do país. Em setembro, chuvas torrenciais na região sul de Guanxi causaram a morte de pelo menos sete pessoas, segundo a imprensa local. E, em junho, um deslizamento de terra na província de Sichuan, no sudoeste do país – também remota e montanhosa – deixou 19 mortos.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »