Geral

Inscrições para o Sisu 2024 começam com mudanças nas cotas; veja quando termina e quem pode participar

As inscrições para o Sisu 2024 foram iniciadas nesta segunda-feira, 22. O Sisu, Sistema de Seleção Unificada, é a plataforma do Ministério da Educação que permite que os participantes do Enem se inscrevam para vagas de ensino superior em instituições públicas. Neste ano, há algumas mudanças em relação às edições anteriores. A seleção acontecerá apenas uma vez por ano. Também houve alterações na Lei de Cotas, que reserva 50% das vagas para candidatos pretos, pardos, indígenas, quilombolas e pessoas com deficiência que cursaram o ensino médio em escola pública. As inscrições poderão ser feitas até as 23h59 da próxima quinta-feira, 25, pelo site sisu.mec.gov.br. Podem se inscrever os candidatos que fizeram o Enem de 2023 e tenham obtido nota maior do que zero na prova de redação. Além disso, as instituições de ensino podem adotar notas mínimas para inscrição em seus cursos.

A inscrição no Sisu é feita por meio do Login Único do governo federal, a partir de uma conta gov.br. No sistema, o candidato precisa atualizar seus dados e responder às perguntas que classificam se ele pode se candidatar por meio da Lei de Cotas. A inscrição é gratuita e feita exclusivamente pela internet, no portal único sem a cobrança de taxas. No ato da inscrição, não é necessária a apresentação de documentação. Para se inscrever no Sisu, o candidato só precisa concluir seu login clicando no botão “Entrar com gov.br” disponível na página do Sisu. Porém, as instituições de ensino exigirão documentação para efetivação da matrícula dos aprovados na seleção. Essa lista estará disponível no momento da inscrição.

Os candidatos que já estão cursando em uma instituição também podem participar do Sisu, desde que tenham feito o Enem de 2023 e não tenham recebido nota zero na redação. Serão ofertadas 264.360 vagas em 127 instituições de ensino, sendo que quase metade, 121.750, será destinada para cotistas. O número de vagas em cada instituição pode ser consultado no site do Sisu. Pela primeira vez, a principal porta de entrada para universidades públicas acontecerá apenas no começo do ano e não terá uma segunda edição em junho. Dessa forma, a classificação do candidato definirá se ele ingressará no primeiro ou no segundo semestre. O candidato é selecionado quando a nota obtida no Enem, considerando a média dos pesos definida em cada curso, está entre as maiores da opção de curso escolhida. A partir de agora, a classificação dependerá do desempenho do estudante no Enem 2023. Candidatos pretos, pardos, indígenas, quilombolas e pessoas com deficiência concorrerão às vagas reservadas apenas se não alcançarem, inicialmente, as notas para ampla concorrência. A reserva de vagas para esses grupos será proporcional à quantidade de pessoas assim autodeclaradas no estado da seleção, conforme o último Censo do IBGE. O resultado do Sisu pode ser consultado no boletim do candidato, na página do Sisu, nas instituições participantes e na Central de Atendimento do MEC.

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »