Geral

São Paulo empata com o Mirassol e sai de campo na bronca com gol anulado pelo VAR

Após boa estreia no Campeonato Paulista, o São Paulo só empatou com o Mirassol na segunda rodada, por 1 a 1, em jogo realizado nesta terça-feira, 23, na cidade do interior paulista. A atuação não foi das melhores, mas a equipe saiu do estádio José Maria de Campos Maia se sentindo prejudicada pela anulação do gol que daria a vitória ao Tricolor, no segundo tempo, marcado pelo argentino Galoppo. Caso o tento fosse validado, coroaria a boa jornada do jogador, que perdeu boa parte da temporada de 2023 por causa de uma lesão. No primeiro tempo, o Mirassol abriu o placar com Luiz Otávio, que subiu sozinho após cobrança de pênalti, aos 38 minutos. Galoppo empatou nos acréscimos, cobrando pênalti.

O gol anulado após intervenção do VAR aconteceu aos 28 segundos da etapa final. O meia acertou belo chute de fora da área, mas, após rever o lance no monitor, o árbitro Lucas Bellote entendeu que Calleri, que estava impedido, atrapalhou a visão do goleiro Muralha. A decisão do juiz foi fortemente contestada pelos tricolores. “Não estamos contentes. Poderíamos ter ganhado, ainda mais com o gol [anulado]. Muito duvidoso dar o impedimento. O goleiro não chegaria nem pulando antes”, reclamou Galoppo. O técnico Thiago Carpini endossou as críticas. “Em uma finalização como a do Galoppo, eu acho muito difícil que a interferência de algum atleta teria feito com que o Muralha defendesse aquela bola.”

Confira a cobertura da Jovem Pan sobre o jogo

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »