Geral

Ex-assessor de Trump é condenado a quatro meses de prisão por se recusar a depor

O ex-assessor econômico e próximo aliado de Donald Trump, Peter Navarro, foi condenado a quatro meses de prisão nos Estados Unidos por desacato ao Congresso. A condenação está relacionada à recusa de Navarro em prestar depoimento durante a investigação sobre a invasão ao Capitólio em 6 de janeiro de 2021, quando apoiadores de Trump tentaram impedir a validação da vitória de Joe Biden. O juiz Amit Mehta proferiu a sentença e aplicou uma multa a Navarro, que planeja recorrer, assim como fez o ex-conselheiro de Trump, Steve Bannon, condenado pelos mesmos eventos em 2022. Bannon recorreu da decisão. Embora Trump não tenha sido diretamente processado por esses acontecimentos, em dezembro de 2022, a comissão de investigação recomendou a abertura de um processo criminal contra ele. Em 2023, Trump foi indiciado em tribunais de Washington e da Geórgia por supostamente tentar alterar os resultados das eleições de 2020.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

*Com informações da AFP

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »