Brasil

Israel resgata dois reféns argentinos mantidos em Gaza desde outubro

O governo de Israel resgatou dois reféns que foram sequestrados em 7 de outubro do ano passado, durante ataque do grupo Hamas. Fernando Simon Marman, de 60 anos, e Louis Har, de 70 anos, estavam em Rafah, na Faixa de Gaza, onde os bombardeios se intensificaram em preparação para a incursão terrestre das tropas israelenses. A nova rodada de ataques resultou em pelo menos 67 mortes do lado palestino, informou o Ministério da Saúde.  Durante o resgate, houve troca de tiros entre as Forças de Defesa de Israel (IDF) e integrantes do grupo armado.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Os reféns, que possuem dupla nacionalidade argentina e israelense, foram resgatados no segundo andar de um prédio em Rafah e foram levados para o hospital em Tel Aviv para avaliação médica. Segundo informações de Israel, eles estão em boas condições de saúde. A presidência da Argentina agradeceu às Forças de Defesa de Israel pelo resgate e destacou que o pedido de liberação dos reféns argentinos foi reiterado durante a visita de Javier Milei a Israel na semana passada.

A cidade de Rafah, na fronteira com o Egito, deve ser o próximo foco dos combates no Oriente Médio. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, alertou o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de que a operação não deveria prosseguir sem um plano “credível e executável” para garantir a segurança dos deslocados. Netanyahu prometeu dar “passagem segura” para os civis, mas não está claro para onde eles iriam, já que Rafah é a última cidade ao sul do enclave sitiado.

Publicado por Caroline Hardt

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »