Guarujá

Moradores do litoral de SP gastam mais de R$ 373 milhões com bebidas alcoólicas; veja a lista


Santos é uma das dez cidades que mais consumiram no Estado de São Paulo. Pesquisa foi realizada por uma empresa especializada em potencial de consumo. Moradores da Baixada Santista (SP) gastam mais de R$ 373 milhões com bebidas alcoólicas, aponta pesquisa
Getty Images
O consumo exagerado de álcool não só traz inúmeras complicações para a saúde, como também pode pesar no bolso. Os moradores da Baixada Santista, no litoral de São Paulo, gastaram mais de R$ 373 milhões com bebidas alcoólicas em um ano, de acordo com uma pesquisa obtida pelo g1 (confira a lista abaixo).
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Santos lidera a região com mais de R$ 111 milhões de consumação em 2023. Com isso, é uma das 10 cidades que mais gastam com bebidas alcoólicas no Estado de São Paulo e está na 43ª posição no ranking nacional.
O levantamento foi desenvolvido pela empresa Índice de Potencial de Consumo (IPC) Maps, com base nos hábitos da população brasileira e dados coletados em fontes, como Ministério do Trabalho e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
De acordo com o pesquisador responsável pelo estudo, Marcos Pazzini, a análise foi feita a partir da compra de bebidas alcoólicas para consumo em casa e em pontos físicos, como bares, lanchonetes e restaurantes.
Apesar de Santos liderar o ranking, Pazzini afirmou que Bertioga é a cidade destaque da região com mais de R$ 12,5 milhões de consumação. O município teve um aumento de 26,37% em comparação com 2022, quando os gastos foram de R$ 9,8 milhões.
Em seguida, estão as cidades de Praia Grande (+24,06%), Peruíbe (+22,90%) e Guarujá (+22,56%). Veja a lista das noves cidades da região que mais gastaram com bebidas alcoólicas abaixo:
Potencial de consumo de bebidas alcoólicas em cada município
Perfil
O estudo revelou ainda que a classe social que mais gasta com bebidas alcoólicas tem renda mensal entre R$ 5 mil e R$ 10 mil. Depois, estão os moradores que recebem entre R$ 1.965,87 e R$ 3.276,76.
“A nossa visão não é só o ponto de vista do problema social que a bebida alcoólica pode causar. Mas, também da questão de que é uma oportunidade de mercado para as empresas explorarem”, explicou pesquisador.
Brasil e São Paulo
De acordo com a pesquisa, em 2023, as famílias brasileiras gastaram cerca de R$ 33,4 bilhões em bebidas alcoólicas, o que representou um acréscimo de 18,7% em relação ao ano anterior, quando as despesas somaram R$ 28,1 bilhões.
No Estado de São Paulo, mais de R$ 8,8 bilhões foram desembolsados no ano passado, contra R$ 7,4 bilhões em 2022, o que equivale a uma alta de 18,2%.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »