Brasil

Petrobras e BNDES estudam criar fundo para apoiar startups de tecnologia e inovação

A Petrobras e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciaram nesta quarta-feira, 21, uma parceria para estudar a criação de um fundo para apoiar micro, pequenas e médias empresas de tecnologia e inovação com foco em transição energética. O fundo será na modalidade Corporate Venture Capital (CVC), na qual grandes empresas investem em startups. Desta forma, as corporações podem incorporar esforço de inovação desenvolvidos por terceiros, que podem se tornar parceiros. Na fase inicial, Petrobras e BNDES devem identificar os setores mais promissores para este tipo de investimento, considerando temas relacionados à transição energética, como a diminuição de fontes de energia poluentes.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A iniciativa foi selada por meio de um acordo de cooperação técnica assinado em julho de 2023. A atuação entre o banco e a petrolífera é voltada para as áreas de óleo e gás, com foco em pesquisa científica, transição energética e descarbonização. O acordo tem vigência de quatro anos. O primeiro fundo na modalidade CVC deve seguir as normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ligada ao Ministério da Fazenda, e responsável por fiscalizar, normatizar, disciplinar e desenvolver o mercado de valores mobiliários no país. O montante esperado para o desenvolvimento do projeto é de US$ 100 milhões, cerca de R$ 500 milhões. Os valores a serem investidos no primeiro CVC ainda devem ser submetidos às instâncias internas de aprovação da Petrobras e do BNDES.

*Com informações da Agência Brasil

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »