Geral

Censo 2022: Santos, Balneário Camboriú e São Caetano do Sul lideram em moradores de apartamentos

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou nesta sexta-feira, 23, o mais recente recorte do Censo 2022, revelando que apenas 3 dos 5.670 municípios brasileiros têm a maioria da população vivendo em apartamentos. Santos lidera a lista, com 63,45% dos moradores em prédios, seguida por Balneário Camboriú, com 57,22%, e São Caetano do Sul, com 50,77%. Segundo o instituto, esses municípios já apresentavam uma alta proporção de moradores em apartamentos no censo de 2010, mas tiveram um grande crescimento de lá para cá. São Caetano, por exemplo, teve um rápido aumento na alternância de moradia, passando de 37,78% em 2010 para 50,77% no ano passado. A tendência de morar em apartamentos tem crescido em todas as regiões do Brasil nas últimas duas décadas, de acordo com a série histórica do IBGE. Na Região Norte, por exemplo, o percentual da população que vive em prédios triplicou desde o ano 2000. Atualmente, 12,5% da população brasileira mora em imóveis verticais, o que representa cerca de 25,28 milhões de pessoas.

Apesar do aumento no número de moradores em apartamentos, a maioria dos brasileiros ainda reside em casas. Segundo o IBGE, 84,8% da população vivia em casas no ano passado, enquanto 2,4% moravam em casas de vilas ou condomínios. O Piauí é o Estado com a maior proporção de moradores em casas, com 95,6% da população residindo nesse tipo de moradia. O Distrito Federal lidera em moradores de apartamentos, com 28,7% do total.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »