Guarujá

Censo 2022: Veja quantas pessoas têm acesso a saneamento básico no litoral de SP


Praia Grande (SP) é a cidade da região que mais se destacou positivamente. Município ficou em 8º lugar do Brasil com a maior porcentagem de número de moradores com abastecimento adequado de água. Falta de saneamento básico é evidente nas Palafitas no São Manoel
Liliane Souza
Os novos dados do Censo 2022 mostram que 117 mil das 1,7 milhão de pessoas que vivem na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, moram em residências sem descarte adequado de esgoto. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Praia Grande (SP) é a cidade da região que mais se destacou positivamente. Com 98,78% de moradores com esgoto adequado, o município ficou em 47º lugar do Brasil com a maior porcentagem por número de moradores. Apesar disso, 4,2 mil pessoas ainda não têm acesso ao descarte correto.
A cidade também se destacou na porcentagem de moradores com abastecimento adequado de água. Com 99,69%, Praia Grande ficou entre as oito melhores cidades do país neste quesito.
Em contrapartida, 79,45% dos moradores de Cubatão (SP) tem esgoto adequado. A cidade teve o pior número da Baixada Santista. Segundo os dados, mais de 23 mil dos 112.397 residentes na cidade vivem em lares sem descarte correto. Ainda no município, 99,42% da população tem abastecimento de água.
A título de comparação, no Brasil, 49 milhões de pessoas moram em residências sem descarte adequado de esgoto, o que representa 24% da população do país. Entre os pretos e pardos – grupos que compõem pouco mais da metade da população brasileira – o percentual sobe para 68,6%.
Leia também
SANTOS: Cidade é a mais vertical do Brasil, segundo Censo 2022
COLETA DE LIXO: 99% dos moradores com domicílio têm acesso ao serviço na Baixada Santista
Critérios
Em 2022, de acordo com o IBGE, as formas consideradas descarte adequado de esgoto foram: o esgoto que vai para as redes públicas de coleta (geral ou pluvial) ou para fossas sépticas ou com filtro, ainda que depois de passar por esses equipamentos não sejam destinados para essas redes.
As outras formas – uso de fossa rudimentar ou buraco, descarte direto em rios ou no mar, por exemplo, são consideradas inadequadas pelo Plano Nacional de Saneamento Básico.
A falta de um abastecimento adequado de água atinge 6,2 milhões no Brasil. Assim como acontece com o descarte de esgoto, há diferença entre os diferentes grupos raciais. Pretos e pardos representam 72% da população sem acesso adequado a água. Brancos, 24%.
Sobre o abastecimento adequado de água, foram considerados: acesso por rede de distribuição, poço profundo ou artesiano, poço raso, freático ou cacimba e fonte, nascente ou mina. Os inadequados são carro-pipa, rios, açudes, córregos e igarapés, água de chuva armazenada ou outras formas de abastecimento.
Confira abaixo os dados das noves cidades da Baixada Santista:
Bertioga – 63.985 moradores com domicílios permanentes ocupados
88,8% moradores com esgoto adequado
7.164 moradores sem esgoto
96,77% moradores com abastecimento adequado de água
Cubatão – 112.397
79,45% moradores com esgoto adequado
23.100 moradores sem esgoto
99,42% moradores com abastecimento adequado de água
Guarujá – 287.098
88,99% moradores com esgoto adequado
31.612 moradores sem esgoto
97,65% moradores com abastecimento adequado de água
Itanhaém – 112.223
90,28% moradores com esgoto adequado
10.913 moradores sem esgoto
97,97% moradores com abastecimento adequado de água
Mongaguá – 59.169
95,07% moradores com esgoto adequado
2.919 moradores sem esgoto
97,64% moradores com abastecimento adequado de água
Peruíbe – 67.893
94,87% moradores com esgoto adequado
3.487 moradores sem esgoto
98,41% moradores com abastecimento adequado de água
Praia Grande – 348.540
98,78% moradores com esgoto adequado
4.244 moradores sem esgoto
99,69% moradores com abastecimento adequado de água
Santos – 416.817
96,55% moradores com esgoto adequado
14.403 moradores sem esgoto
99,8% moradores com abastecimento adequado de água
São Vicente – 324.205
93,82% moradores com esgoto adequado
20.036 moradores sem esgoto
98,67% moradores com abastecimento adequado de água
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »