Geral

Justiça determina transferência de Adélio Bispo para Minas Gerais

A Justiça Federal determinou a transferência de Adélio Bispo de Oliveira, responsável pelo atentado contra o ex-presidente Jair Bolsonaro em 2018, de Mato Grosso do Sul para Minas Gerais. Adélio foi considerado incapaz de responder pelo crime devido a distúrbios psicológicos, e a decisão visa garantir sua integridade física e mental. O juiz responsável pela autorização destacou a importância do tratamento ambulatorial, ressaltando que a internação só será considerada em casos excepcionais e em unidades especializadas. A transferência foi solicitada pela Defensoria Pública da União (DPU), que tem prestado assistência jurídica ao detento nos últimos cinco anos por meio de curatela especial. A preferência pelo tratamento ambulatorial foi enfatizada pelo juiz, que ressaltou a importância de garantir a integridade psíquica e física de Adélio. A decisão destaca a necessidade de cuidados especializados e acompanhamento constante para o esfaqueador, visando sua “reabilitação e reintegração à sociedade de forma segura e responsável”.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »