Turismo

Airbnb proíbe instalar câmeras dentro de hospedagens; entenda a nova regra


Regra entra em vigor em 30 de abril e visa dar mais privacidade para turistas. Câmeras em áreas como salas de estar, que eram permitidas, não poderão mais ser instaladas nas acomodações. Câmeras de segurança internas serão proibidas no Airbnb a partir de abril
Ron Lach/Pexels
O Airbnb vai proibir a instalação de câmeras de segurança dentro de hospedagens cadastradas em sua plataforma. A nova regra entra em vigor em 30 de abril e tem o objetivo de oferecer mais privacidade para turistas.
Até o momento, o serviço já proíbe câmeras em quartos e banheiros, mas permite os equipamentos em áreas como corredores e salas de estar, desde que a informação esteja na página do anúncio antes da reserva.
Com a mudança, as câmeras serão proibidas em áreas internas de hospedagens do Airbnb em todo o mundo, independentemente de sua localização, finalidade ou divulgação prévia. As exceções são para câmeras em ambientes externos e áreas comuns, como saguões e corredores de hotéis.
Em comunicado sobre a mudança, o Airbnb afirmou que o prazo foi definido para dar tempo para os anfitriões ajustarem seus imóveis. Após 30 de abril, caso haja denúncia de violação da nova norma, o parceiro poderá ser banido da plataforma.
Celular pode ser aliado para descobrir câmeras escondidas em quartos; veja como se proteger
Câmeras escondidas em hospedagens
Em janeiro, um casal descobriu uma câmera embutida na tomada do quarto de um resort em Porto de Galinhas, na cidade de Ipojuca (PE). O dispositivo estava virado para uma cama de casal.
Dois meses depois, um empregado da rede de cruzeiros Royal Caribbean foi preso sob a acusação de ter escondido câmeras nos banheiros das cabines do navio para espionar turistas.
Hóspedes descobriram câmera escondida em tomada em quarto de resort em Porto de Galinhas, PE
Reprodução
Ainda que seja usada para fins de segurança no local, a gravação de imagens sem autorização pode configurar crime. O Código Penal prevê pena de 6 meses a 1 ano de detenção, além de multa, para quem gravar cenas íntimas sem o conhecimento de quem está nelas.
Para quem se hospeda ou aluga um imóvel, não há uma forma simples de garantir que acomodações estejam completamente livre de câmeras escondidas. Mas o celular pode ser um aliado para diminuir os riscos (veja o vídeo abaixo).
Especialistas ouvidos pelo g1 explicaram que, logo após chegarem à acomodação, turistas podem seguir um passo a passo para checar a segurança de quartos e banheiros e aproveitarem a viagem com mais tranquilidade.
Como identificar câmeras escondidas em hospedagens
Câmera escondida: veja como identificar

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »