Guarujá

PM prende suspeito de participar da morte de guarda municipal em SP


Prisão ocorreu na noite de sábado (16). Crime ocorreu no último dia 3 de março, na capital paulista. PM prende suspeito de participar da morte de guarda municipal em SP
Um homem, de 18 anos, suspeito de participar da morte da guarda civil municipal Valcleide de Queiroz, de Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi preso na capital paulista. Conforme apurado pelo g1, neste domingo (17), a Polícia Militar localizou o homem no bairro Pinheiros, com uma moto roubada, a mesma usada no assassinato da agente de segurança.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Valcleide Queiroz, de 56 anos, morreu após ser baleada durante um assalto, na Avenida dos Bandeirantes, na Vila Olímpia, no último dia 3. Ela trabalhava na corporação de Praia Grande há 23 anos.
De acordo com a Polícia Militar, a prisão do suspeito ocorreu por volta de 19h15 de sábado (16), no bairro Pinheiros, em São Paulo. Momentos antes, ele e um comparsa estavam em uma motocicleta e roubaram outra, na Rua Hungria. A pessoa que teve o veículo levado rastreou o veículo e contatou a PM, informando que ele estava na Avenida São Gualter sentido Marginal.
GCM de Praia Grande morreu após ser baleada em assalto, na zona sul da capital, no dia 3 de março
Reprodução/Redes Sociais
Uma equipe da PM foi deslocada ao ponto indicado e, ao visualizar o suspeito, se aproximou. Foi dada ordem de parada, mas ele a desacatou e fugiu pela Marginal. Após percorrer algumas vias, perdeu o controle e caiu na altura da Rua Luiz Seráphico Júnior. O comparsa conseguiu fugir.
Assim que foi detido, os policiais confirmaram que a moto era roubada. Ainda durante averiguação no sistema, segundo a PM, descobriram que o suspeito e o veículo constavam como envolvidos na morte de Valcleide. A outra motocicleta, que havia sido roubada naquela noite, foi restituída ao dono.
Diante dos fatos, o homem foi preso e a motocicleta apreendida. Ele foi conduzido ao 96º Distrito Policial, onde permanece à disposição da Justiça.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »