Guarujá

São Vicente, SP, inicia projeto de combate às enchentes com obras na avenida Eduardo Souto


Intervenções compõem o projeto de drenagem do canal, que é a primeira grande obra de combate às enchentes na cidade. Obras serão custeadas com verba do governo estadual. São Vicente inicia reurbanização da Avenida Eduardo Souto, em São Vicente
Divulgação/Prefeitura de São Vicente
As obras de reurbanização da Avenida Eduardo Souto foram iniciadas em São Vicente, no litoral de São Paulo. As intervenções contemplam a primeira grande obra de combate às enchentes do município, com o projeto de macrodrenagem do canal da avenida.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
De acordo com a Prefeitura de São Vicente, serão executados serviços de pavimentação, execução da nova calçada, guias e sarjetas. Além disso, será adequada a via pública, com calçadas e passeio, à margem direita da avenida nas últimas quadras. O projeto ainda contempla as intervenções nos 750 m do canal da avenida, que busca amenizar os impactos das chuvas e alta da maré.
As obras no canal são realizadas pela DP Barros, contratada pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (Daee). Já a reurbanização da Avenida Eduardo Souto está sob responsabilidade da terceirizada Macterra, e é fiscalizada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).
O projeto de combate às enchentes inclui, além da reurbanização e intervenções no canal da avenida, a instalação de sete comportas na Avenida Castelo Branco, Pompeba, Dique do Piçarro, Dique das Caixetas, Rio dos Bugres, Sambaiatuba e Jóquei Clube.
Ainda segundo a administração, a reforma e a instalação dos equipamentos amenizará os impactos provenientes das enchentes.
O Estado disponibilizou R$ 45 milhões para obras de drenagem em São Vicente. Desse total, R$ 25 milhões foram destinados à obra do canal da Eduardo Souto e à instalação das comportas.
Plano de Macro e Microdrenagem
Em 2023, uma empresa especializada concluiu um Plano Diretor de Macro e Microdrenagem em São Vicente, sob fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb), no qual estão inseridos todos os projetos de obras necessárias de combate às enchentes no município.
De acordo com a pesquisa, há a necessidade da instalação de comportas em outros 16 pontos da cidade, totalizando 23 equipamentos, além da implantação de estações elevatórias de drenagem. Ao todo, esse projeto representa um investimento de quase R$ 800 milhões.
De acordo com a administração municipal, a prefeitura segue mantendo diálogo constante junto às instituições financeiras de fomento e às esferas federal e estadual para viabilizar os projetos.
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »