Tecnologia

Remédio para aumentar vida de cães recebe milhões de dólares para sair do papel

Fazer seu pet viver por mais tempo é o sonho de qualquer tutor. A empresa Loyal, dos Estados Unidos, pretende tornar isso realidade com um medicamento para cães, que já está em fase de testes e recebeu aprovação da Food and Drug Administration (FDA), a “Anvisa” americana. Com o cenário positivo, a startup conseguiu levantar US$ 45 milhões em capital para tirar o projeto do papel.

Leia mais:

Investimentos no medicamento de longevidade para cães

  • Em uma recente rodada de investimentos, a startup de biotecnologia Loyal levantou US$ 45 milhões em capital para colocar o medicamento no mercado;
  • Ainda, de acordo com o Wall Street Journal, o Bridge Bank (um banco americano) forneceu uma linha de crédito de US$ 12,5 milhões à empresa;
  • Isso se soma a outros US$ 125 milhões de investimento que a Loyal recebeu desde sua fundação, em 2019;
  • Os investimentos vêm em meio ao cenário positivo dos testes e da aprovação da FDA. Segundo a fundadora e presidente-executiva da startup, Celine Halioua, a companhia se valorizou no mercado;
  • Ela não chegou a apresentar números, mas uma pesquisa de 2022 da PitchBook Data estimou que a empresa valia US$ 220 milhões.
Celine Halioua, fundadora da Loyal, com seu Rottweiler sênior (Foto: Loyal/Reprodução)

Contexto da empresa

A Loyal pretende se tornar uma empresa farmacêutica independente para animais. Por ora, ela faz parcerias com grandes empresas para fornecimento de insumos e fabricação, mas aposta que vai conseguir se manter sozinha no mercado devido aos custos menores de aprovação dos medicamentos veterinários.

Além disso, os cães têm uma expectativa de vida mais curta, o que torna os testes e a observação de resultados mais eficientes.

(Imagem: Pexels)

Como funciona o medicamento para aumentar vida dos cães

O Olhar Digital vem acompanhando o progresso da Loyal e do remédio para aumentar a vida dos cães há algum tempo. Você pode conferir reportagens anteriores aqui e aqui.

Vamos a um resumo de como funciona e em que pé está o medicamento.

Como funciona o medicamento

Estudos realizados até agora sugerem que o medicamento é capaz de abrandar as alterações associadas ao envelhecimento nos pets. A intenção é aumentar a expectativa de vida dos cães em pelo menos um ano, mas fazendo isso de forma saudável. Ele vai agir de dois jeitos: retardando o processo de envelhecimento e aumentando a resistência a doenças.

São dois remédios em desenvolvimento, o LOY-001 e o LOY-022. Os testes para o primeiro já começaram, primeiro com cães maiores. Agora, cachorrinhos menores também foram recrutados. O único pré-requisito é que tenham mais de 10 anos de idade.

Um dos participantes é o Boo, um Whippet de 11 anos.

Esse é o Boo (Imagem: Divulgação/Loyal)

Como são os testes para “aumentar” a vida dos cães

  • Os testes se baseiam no controle de um hormônio chamado IGF-1, responsável por controlar o crescimento celular;
  • Em cães grandes, o IGF-1 opera em velocidade 20 vezes maior que nos cachorros pequenos (por isso o foco maior nos animais maiores);
  • Em teoria, basta reduzir a atuação do hormônio para retardar o envelhecimento celular dos pets;

Aprovação e comercialização

O LOY-001 (em testes) foi aprovado pela FDA no final do ano passado. Agora, a Loyal busca a aprovação do LOY-002.

A liberação vem depois do órgão regulador constatar que o medicamento tem “uma expectativa razoável de eficácia”.

A intenção da empresa é fabricar e comercializar o remédio até 2026.

O post Remédio para aumentar vida de cães recebe milhões de dólares para sair do papel apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »