Brasil

Zelensky acusa Putin de querer culpar Ucrânia por ataque em Moscou 

O presidente da UcrâniaVolodymyr Zelensky, acusou o líder russo, Vladimir Putin, de tentar responsabilizar seu país pelo ataque que matou ao menos 133 pessoa na sexta-feira, 22, e deixou centenas de feridas. “O que aconteceu ontem em Moscou é óbvio: Putin e os demais bastardos tentam jogar nos outros a culpa” pelo atentado, cuja autoria foi reivindicada pela organização Estado Islâmico (EI), declarou Zelensky, depois que autoridades russas mencionaram a existência de uma pista ucraniana no massacre. Na sexta, após o ataqie, os russo informaram que se ficasse comprovado o envolvimento dos ucranianos eles iriam destruir sem piedade os dirigentes da Ucrânia.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

No próprio dia, Kive negou que tivesse participação e culpou os serviços especiais russos. “Sejamos claros, a Ucrânia não tem absolutamente nada a ver com estes acontecimentos”, assegurou Mikhailo Podoliak pelo Telegram. “A Ucrânia nunca usou métodos de guerra terroristas”, acrescentou. Os ucranianos culpam os próprios serviços especiais russos pelo ocorrido. “O atentado terrorista de Moscou é uma provocação planejada e deliberada dos serviços especiais russos, ordenado por [o presidente Vladimir] Putin”, assegurou a Direção Militar de Inteligência (GUR) pelo Telegram. “Seu objetivo é justificar bombardeios ainda mais potentes contra a Ucrânia e uma mobilização total na Rússia”, acrescentou.

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »