Brasil

EUA suspendem buscas por desaparecidos após queda de ponte: ‘Não acreditamos que haja sobreviventes’

A guarda-costeira dos Estados Unidos suspendeu na noite desta terça-feira (26) as buscas pelos desaparecidos após a queda de uma ponte em na cidade americana de Baltimore. “Com base na duração das buscas […], na temperatura da água neste momento, não acreditamos que vamos encontrar essas pessoas com vida”, declarou o vice-almirante Shannon Gilreath em entrevista coletiva. Ao menos seis pessoas seguiam desaparecidas. Mergulhadores procuram sobreviventes na água, mas a baixa temperatura complica os esforços de resgate e reduz as chances de se encontrar sobreviventes. Ao redor da imensa estrutura metálica retorcida, drones, helicópteros e mergulhadores procuram as vítimas, entre as quais poderia haver funcionários da ponte.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O presidente Joe Biden classificou o ocorrido de “terrível acidente” e prometeu reconstruir a ponte o quanto antes, mas isto “levará um tempo”. Os serviços de emergência que vasculharam o local encontraram indícios da presença de vários veículos submersos na água, disse o chefe dos bombeiros de Baltimore, James Wallace Wallace, sem especificar quantos seriam. O governador de Maryland declarou estado de emergência. O tráfego marítimo foi suspenso “até segundo aviso”, mas “o porto segue aberto para a passagem de caminhões”, disse aos jornalistas o secretário de Transporte de Maryland, Paul Wiedefeld. Este é o principal porto da costa leste dos Estados Unidos, que Biden quer reabrir rápido.

A embarcação emitiu um pedido de socorro que permitiu parar o trânsito e salvar vidas, declarou o governador do estado de Maryland, Wes Moore. “São heróis”, acrescentou. De acordo com imagens registradas por câmeras de segurança, um navio cargueiro colidiu com um pilar da ponte Francis Scott Key, fazendo com que grande parte da estrutura de aço caísse no rio Patapsco. As gravações mostram luzes, aparentemente de veículos, na ponte antes de ela se deformar e desabar por seções, por volta de 1h30 locais (2h30 no horário de Brasília). E várias pequenas explosões também foram observadas após o rápido colapso.

PONTE DOS EUA

A ponte, de quatro pistas e 2,6 quilômetros de comprimento, atravessa o rio Patapsco, ao sudoeste de Baltimore, uma cidade industrial e portuária na costa atlântica dos Estados Unidos. Foi inaugurada em 1977 e por ela circulam mais de 11 milhões de veículos por ano, cerca de 31 mil por dia. Leva o nome de Francis Scott Key, autor da letra do hino americano. O site de tráfego marítimo MarineTraffic diz que um navio porta-contêineres com bandeira da Singapura chamado “Dali” parou sob a ponte. Os registros mostram que o navio se dirigia de Baltimore para Colombo, no Sri Lanka. A investigação deverá determinar como a colisão de apenas um barco pôde destruir vários arcos da ponte metálica.

*Com informações da AFP

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »