Guarujá

Marinha usa blindados para combater o tráfico de drogas e armas em comunidade no litoral de SP


Ao menos seis tanques foram vistos perto da comunidade da Prainha, em Guarujá (SP). Marinha coloca tanques nas ruas em comunidade do litoral de SP
A Marinha do Brasil colocou ao menos seis blindados na região da comunidade Prainha, em Guarujá, no litoral de São Paulo, para atuar contra o crime organizado. A região é conhecida como um ponto estratégico da principal facção do país no tráfico de drogas, principalmente no envio de cocaína ao exterior. (Veja acima)
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Os fuzileiros foram filmados na tarde desta quarta-feira (27). Segundo a Marinha, a atividade corresponde uma missão da Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que só pode ser acionada por ordem da presidência da república, de acordo com decreto do Governo Federal.
As missões são colocadas em prática, de acordo com a União, quando há o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública, em graves situações de perturbação da ordem.
A região da Prainha tem acesso direto ao mar, fica perto do complexo portuário de Santos e costuma ser a área usada por traficantes para movimentar os entorpecentes em terra, antes de levá-los aos navios atracados no porto.
As embarcações costumam ser usadas como transporte da droga à Europa, África e Ásia. O g1 já reportou, em outras ocasiões, mergulhadores que foram presos no momento em que armazenavam as drogas no casco dos navios, na linha abaixo d’água.
O que é GLO?
Marinha coloca tanques nas ruas em comunidade em Guarujá (SP)
Reprodução/Redes Sociais
Um decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) é prerrogativa do presidente da República e também está previsto na Constituição.
Geralmente é aplicado quando a segurança pública de um estado – responsabilidade dos governos estaduais – passa por uma crise e o governador pede ajuda federal.
Trata-se de uma medida que permite às Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) atuarem com poder de polícia até o restabelecimento da normalidade na segurança.
Recentemente, foi editado um decreto de GLO para que militares atuem na fiscalização de portos e aeroportos.
Anteriormente, a medida já foi utilizada para conter crises de segurança no Rio de Janeiro, no Espirito Santo e no Rio Grande do Norte.
Operação surpresa
Enquanto as imagens dos tanques eram compartilhadas por moradores da Baixada Santista, a Marinha do Brasil foi procurada por diversos canais para confirmar a ação realizada nas ruas de Guarujá, mas só depois de duas horas confirmou se tratar de uma missão da GLO.
O g1 buscou respostas com as polícias Militar e Civil, assim como a Prefeitura de Guarujá e Autoridade Portuária de Santos (APS), mas ninguém havia sido comunicado sobre a ação.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »