Tecnologia

Robotáxis vão rodar em Nova York – mas com uma condição

Um novo sistema de licenciamento para empresas interessadas em testar veículos autônomos (robotáxis, no caso) na cidade de Nova York foi anunciado nesta semana. Porém, há uma exigência neste processo: um motorista humano sempre com as mãos no volante. As informações são do The Verge.

Leia mais:

A exigência parece ser uma consequência direta das preocupações acerca de táxis autônomos nos EUA. À medida que cidades como São Francisco continuam a enfrentar problemas causados por robotáxis, Nova York se apresenta como uma cidade que deseja se antecipar a esses contratempos.

(Imagem: IM_photo/Shutterstock)

A maior metrópole estadunidense, por meio de seus representantes políticos, alega que vai impor “um programa de licenciamento rigoroso” para garantir que as empresas estejam “prontas para testar sua tecnologia no ambiente urbano mais desafiador do país com segurança e eficiência.”

“Essa tecnologia está chegando, gostemos ou não, então vamos ter certeza de que acertaremos a maneira de introduzi-la”, disse o prefeito de Nova York, Eric Adams, em comunicado ao The Verge.

‘Processo seletivo’ para operar robotáxis

  • Nos requisitos para conseguir o licenciamento para testes com robotáxis, ficaram excluídas empresas sem experiência anterior em testes de veículos autônomos em outras cidades;
  • As empresas só obtém o licenciamento ao enviar informações de testes anteriores, incluindo detalhes sobre quaisquer acidentes ocorridos e com que frequência os motoristas de segurança precisam assumir o controle do veículo;
  • Ainda assim, veículos totalmente sem condutor não poderão ser testados nas vias públicas da cidade; somente veículos com motoristas de segurança serão permitidos.

Acidentes com robotáxis em outras cidades

Robotáxi da Cruise
(Imagem: Tada Images/Shutterstock)

Os critérios determinados em Nova York visam garantir a segurança no trânsito numa cidade que já é bastante movimentada mesmo sem carros autônomos. Outras cidades já mostraram que os robotáxis ainda são um risco e podem causar acidentes.

Em outubro de 2023, um veículo da Cruise sem motorista arrastou um pedestre por mais de seis metros até o meio-fio de uma rua de São Francisco. O episódio incitou os reguladores a suspender a licença de operação da empresa.

A exigência dos motoristas de segurança dentro dos veículos é a medida que Nova York deseja implantar para evitar problemas semelhantes. A proposta do prefeito Adams ainda diz que as empresas ainda precisariam obter uma licença do Departamento de Veículos Motorizados do estado.

Embora outros estados tenham se tornado focos de testes de robotáxis, Nova York tinha sido deixada de lado até então. Parte dessa situação pode se explicar pelas rígidas regras de trânsito do estado.

Uma delas inclui a obrigatoriedade de que os motoristas de segurança em carros autônomos mantenham as mãos no volante o tempo todo. A lei estadual ainda exigia originalmente uma escolta policial, mas uma renovação da lei há vários anos revogou esta parte.

O post Robotáxis vão rodar em Nova York – mas com uma condição apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »