Guarujá

Nutricionista é atropelada durante corrida na orla da praia de Santos


Vítima sofreu sofreu escoriações na panturrilha e coxa, além de uma contusão no cotovelo. Fotógrafo que estava na orla da praia, na Ponta da Praia, registrou a placa do veículo, que fugiu sem prestar socorro. Nutricionista fica ferida após ser atropelada por carro enquanto treinava na orla da praia de Santos (SP)
Reprodução/Redes Sociais e Arquivo Pessoal
Uma nutricionista, de 37 anos, sofreu lesões na panturrilha e coxa, além de uma contusão no cotovelo após ter sido atropelada enquanto corria no meio fio de uma calçada na Ponta da Praia, em Santos, no litoral de São Paulo. Ao g1 Daniela Haddad contou que tudo aconteceu muito rápido. Ela diz não ter dúvidas de que tenha sido atingida de propósito.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
“Não acho que foi com a intenção de matar, mas sim de dar um susto no sentido de ‘vá para a calçada’ ou ‘aqui não é lugar de treinar’, frases que escuto com frequência. Queremos apenas poder treinar com segurança”, disse.
Daniela estava correndo sozinha pela Avenida Bartholomeu de Gusmão, na orla da praia, quando, segundo ela, a calçada ficou estreita e deu sequência à corrida em um trecho da rua. A nutricionista contou que já havia voltado ao passeio, e estava no meio fio, no momento em que o veículo a acertou com o retrovisor, na manhã de sexta-feira (29).
“A pista estava livre, sem outros carros no momento. Na hora não vi quem era [o motorista], mas acredito que não conheça”, disse ela, que não foi socorrida pela pessoa que a atropelou, apenas por outros atletas que corriam pelo local.
Um fotógrafo estava no local e registrou a placa do veículo que a atropelou. “Foi tudo muito rápido. Nós que treinamos estamos correndo riscos constantes e, infelizmente, esse tipo de atitude acontece com frequência”.
Ela contou que nunca havia sido atropelada anteriormente durante o treino, mas que já foi xingada algumas vezes. Segundo Daniela, amigos e conhecidos já sofreram situações parecidas e até mais graves. “Quero apenas que possamos treinar com segurança e poder voltar para casa bem”.
E continuou: “Às vezes saímos para correr ou pedalar e, por conta de atitudes como essa, não sabemos o que pode acontecer. Graças a Deus comigo foi leve, mas conheço pessoas que tiveram consequências terríveis”, afirmou.
O caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e fuga de local de acidente na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos, mas deve ser investigado pelo 3° Distrito Policial (DP), que é responsável pela área do fato.
Nutricionista foi atropelada por um carro enquanto corrida na orla da praia, no bairro Ponta da Praia, em Santos (SP)
Arquivo Pessoal
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »