Guarujá

Onça ameaçada de extinção é atropelada e morta no litoral de SP


Polícia Militar Ambiental encaminhou o animal ao Instituto de Pesquisas de Cananéia (IPec). Após análise, constatou que a onça estava com um trauma no crânio. Onça-parda (Puma concolor) foi atropelada em estrada de Cananéia
Divulgação/Polícia Militar Ambiental
Uma onça-parda (Puma concolor) morreu após ser atropelada em Cananéia, no litoral Sul de São Paulo. O corpo do animal, atualmente ameaçado de extinção, foi encaminhado ao Instituto de Pesquisas de Cananéia (IPec) para análise e estudos.
✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Santos no WhatsApp.
O acidente aconteceu na Estrada Municipal Prefeito José Herculano Rosa, na última quinta-feira (28). Segundo a Polícia Militar Ambiental, a corporação enviou uma equipe ao local após ser acionada por motoristas que se depararam com o animal desacordado na via.
No local, os policiais viram que a população já havia deslocado o corpo do animal para o acostamento. A PM Ambiental então levou o animal ao IPec, onde o responsável constatou que se tratava de uma fêmea jovem, que sofreu um trauma no crânio.
De acordo com o Instituto, o animal passará por necrópsia e a ossada será incluída na coleção científica da entidade, como parte do acervo para pesquisa, onde poderá ser consultada por pesquisadores do instituto ou associados.
Onça-parda
Onça-parda chega a 1,08 metro de comprimento e pode pesar mais de 70 quilos
Associação Mata Ciliar/Divulgação
Também conhecida como suçuarana, puma, onça-vermelha e leão-baio, a onça-parda (Puma concolor) é a segunda maior espécie de felino do Brasil, só ficando atrás da onça-pintada (Panthera onca). Tem corpo alongado, com até 1,08 metro de comprimento. A cauda longa mede até 61 centímetros e a altura é de 63 centímetros.
O macho adulto pode pesar por volta de 70 quilos. A pelagem da suçuarana tem coloração uniforme, variando entre marrom-acinzentado bem claro e marrom-avermelhado escuro. Possuem hábitos noturnos (predominantemente) e diurnos.
Embora seja uma espécie terrestre, possui habilidade para subir em árvores e é muito ágil. Pesquisas comprovaram que a suçuarana é o predador mais eficiente e mais flexível entre os felinos. Ela consegue alimento em 75% das vezes em que parte para o ataque. A alimentação inclui desde pequenos roedores até mamíferos de grande porte (capivaras, veados e catetos), aves e répteis.
Onça foi atropelada em estrada municipal de Cananéia.
Divulgação/Polícia Militar Ambiental
VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »