Brasil

Zelensky amplia idade de alistamento no exército ucraniano

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou uma lei nesta quarta-feira (3) que vai reduzir a idade mínima de recrutamento do país de 27 para 25 anos. A medida visa aumentar os integrantes do exército disponíveis para fazer parte da guerra contra a Rússia. O parlamento ucraniano aprovou a medida em maio de 2023, afirmando ser inapropriado que um número significativo de cidadãos aptos para o serviço militar não pudesse ser convocado. Entretanto, Zelensky só sancionou hoje. Convocar mais soldados é um processo de duas fases. Primeiro, os homens são enviados para o serviço militar. Em seguida, uma vez nas forças armadas, podem ser mobilizados – ou seja, enviados à guerra – pelo governo. O presidente ucraniano também assinou separadamente um segundo projeto de lei que exige os homens que receberam dispensa militar por motivo de invalidez, se submetessem a outra avaliação médica

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

A medida ocorre devido à luta da Ucrânia para fortalecer seu exército após a guerra ter completado dois anos em fevereiro. O Ministério da Defesa da Rússia divulgou hoje que, apenas nos últimos dez dias, mais de 16 mil pessoas se alistaram nas Forças Armadas. Desde o início de 2024, foram registradas cerca de 100 mil assinaturas.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »