Geral

Morre Ziraldo, autor de ‘O Menino Maluquinho’, aos 91 anos

O cartunista, chargista, escritor e jornalista Ziraldo morreu, aos 91 anos, neste sábado (6), no Rio de Janeiro. Criador de personagens icônicos como os de “O Menino Maluquinho” e Turma do Pererê”, ele morreu de falência múltipla dos órgãos nesta tarde, em seu apartamento que fica na zona sul do Rio. Personalidades, como o ministro Paulo Pimenta, da secretaria de comunicação social da Presidência da República, lamentou nas redes sociais a morte do artista. “Com tristeza, recebemos a notícia da partida de Ziraldo, aos 91 anos, o brilhante criador de “O Menino Maluquinho”. Suas histórias marcaram a infância de muitos e continuam a encantar gerações. Enviamos nossas condolências à família e aos admiradores. Descanse em paz, Ziraldo”, escreveu.

Nascido em 24 de outubro de 1932 em Caratinga (MG), Ziraldo Alves Pinto era o filho mais velho de sete irmãos e teve o nome criado a partir da junção do nome da mãe (Zizinha) e do pai (Geraldo). No ano de 1957, se formou em Direito pela Faculdade de Direito de Minas Gerais, em Belo Horizonte e no ano de 1958 casa-se com sua namorada há sete anos, Viloma Contijo. Juntos, tiveram três filhos: Daniela, Fabrizia e Antônio. Ao longo da carreira fez inúmeros quadrinhos, sendo o de maior sucesso “O Menino Maluquinho”, em 1980, que é considerado um dos maiores fenômenos do mercado editorial do Brasil. Ziraldo também foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, no ano de 1960, um dos principais veículos a combater a ditadura militar no Brasil.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »