Geral

Real marca duas vezes no final, vira sobre o Bayern e vai à final da Champions

O Real Madrid venceu o Bayern de Munique por 2 a 1, de virada, e garantiu a última vaga na final da Champions League. O time espanhol agora enfrenta o Borussia Dortmund na grande decisão, que será disputada em Wembley, na Inglaterra, no dia 1º de junho. Com a eliminação, chega ao fim em 2024 a chance de Harry Kane conquistar o seu primeiro título. O jogador nunca ganhou nada em sua carreira. O Bayern, por sua vez, acaba a temporada 2023/2024 sem ter conquistado uma taça. O jogo entre as equipes foi bastante equilibrado. Se um tinha boas chances de abrir o placar, o outro devolvia no lance seguinte. Foi assim durante toda a partida. Quando chegavam no gol, se deparavam com Neuer, goleiro do Bayern, que apesar do erro do primeiro gol do Real, foi essencial nesta partida, e Lunin, do Real, que impedia as marcações do time alemão.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan Esportes e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O Real começou assuntando com uma bola lançada dentro da área que Rodrygo não conseguiu chegar. Os bávaros devolveram na mesma medida, mas quem dessa vez que não alcançou a bola foi o artilheiro do campeonato, o inglês Harry Kane. Vinícius Júnior ficou perto de marcar em um lance polêmico, que se a bola tivesse entrado poderia esquentar o jogo. Isso porque, após uma cobrança rápida de lateral, o Real chegou ao gol de Neur, porém, duas bolas estavam em campo, uma vez que, diferente do que se tinha pensado, a primeira, que teria originado o lateral, não tinha saído. Ainda no primeiro tempo, Gnabry foi substituído e entrou Daves. E antes da primeira etapa encerrar, Lunin defendeu um belo chute de Kane.

Na volta para o segundo tempo, a partida seguiu animada, e Neuer foi o grande protagonista. Defendia todas as tentativas do Real. Um chute de falta de Rodrygo e um chute de Vini Jr. Os merengues até tentavam, mas não conseguiam superar Manuel Neuer. Se não conseguiam fazer, Daves, que entrou na metade do primeiro tempo, não desperdiçou a oportunidade que teve. Recebeu a bola pela esquerda no campo de ataque, dominou, trouxe para dentro e meteu um belo chute na bochecha na rede, sem chance para Lunin. O Real até chegou a empatar no minuto seguinte após uma cobrança de escanteio de Luka Modric, que entrou no lugar de Tony Kross. Valverde recebeu a bola e chutou. A bola desviou no jogador do Bayern e entrou, mas o gol foi anulado porque Nacho tinha feito falta em Kimichi.

Já no final do jogo, Neuer, que até então tinha brilhado, falhou.  Após uma cobrança de tiro de meta, o Real dominou a bola. Vinícius chutou de fora da área, o goleiro alemão soltou e Joselu não desperdiçou, aproveitou a sobra e jogou para o fundo da rede. E ele marcou mais uma vez. Após um passe de Rudiger, Joselu fez o segundo, se consagrou o herói do jogo e garantiu o Real Madrid na 18º final da Champions League. Mas, antes da partida terminar, um lance polêmico tomou conta. O juiz, que deixou o jogo seguir até os 105 minutos, marcou impedimento em uma jogada em que o Bayern empatou o jogo. Jogada, que parecia normal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »