Guarujá

Funcionário de condomínio de luxo é atacado por abelhas e cai do telhado; VÍDEO


Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) foi acionado pelo homem, realizou o manejo da colmeia de abelhas e as soltou no Morro do Sorocotuba, em Guarujá (SP). Abelhas são retiradas de telhado de condomínio de luxo em Guarujá, SP
Um funcionário que realizava a limpeza do telhado de uma casa em um condomínio de luxo, no bairro Pernambuco, em Guarujá, sofreu uma queda de 3 metros após ser picado por abelhas. Conforme apurado pelo g1, nesta quinta-feira (9), o Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) constatou que uma colmeia de aproximadamente 50 centímetros estava entre a laje e o telhado do imóvel.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Ao ser rodeado e picado pelas abelhas, o homem pulou da laje para o gramado, mas não se feriu. Ele acionou a Guarda Civil Municipal (GCM) Ambiental. No local, a equipe removeu as telhas e deparou-se com uma grande quantidade dos insetos.
De acordo com a GCM Ambiental, as abelhas estavam com comportamento agressivo devido à quantidade de larvas que haviam nos alvéolos [estrutura com cera que compõe o favo].
Leia também
POLÍCIA: Suspeito de estuprar mulher em situação de rua diz que pagou R$ 10 por programa e deu lanche a ela
JUSTIÇA: Ex-promotor que matou jovem a tiros tem absolvição anulada e vai a júri popular no litoral de SP
MORTE SUSPEITA: Mãe de jovem encontrada morta na cama com o ex quer a guarda dos netos: ‘vou lutar com toda força’
Manejo
Grupamento de Defesa Ambiental faz manejo de colmeia de abelhas entre o telhado e a laje de uma casa no Jardim Acapulco, em Guarujá (SP)
GCM Ambiental/Divulgação
Após identificar a localização da colmeia, a equipe do GDA informou que estudou a melhor forma de realizar a captura, com a vedação de possíveis rotas evitando que as abelhas escapassem.
A equipe usou fumaça para agrupá-las e as coletou por meio de sucção com uma caixa adaptada, que não prejudica os insetos. Na sequência, a colmeia foi recolhida e deixada em região de mata, afastada da área urbana. A soltura foi realizada no Morro do Sorocotuba.
O GDA pode ser acionado pelo número 153 da GCM. Em um primeiro momento, a equipe faz a averiguação da colmeia, e posteriormente, agenda o manejo, que sempre ocorre no período noturno.
Colmeia de abelhas foi recolhido por equipe da GDA e levada para área de mata, no Morro do Sorocotuba, em Guarujá
GCM Ambiental/Divulgação
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »