Tecnologia

Qual a diferença entre relâmpago e trovão?

Relâmpago e trovão são dois fenômenos meteorológicos intimamente relacionados, mas que representam aspectos diferentes do mesmo evento atmosférico. A palavra “relâmpago” tem origem no latim “relampagĭum”, que por sua vez deriva do verbo “relampere”, significando “brilhar novamente”.

O relâmpago é frequentemente associado a um brilho luminoso intenso, geralmente de curta duração, que pode ser visto a olho nu mesmo em condições de luz do dia. Já a palavra “trovão” tem sua origem no latim “tonāre”, que significa “trovejar” ou “retumbar”. Trovão refere-se ao som intenso e estrondoso produzido durante a liberação do relâmpago. A seguir vamos explicar melhor a diferença entre os dois.

Leia também:

Qual a diferença entre relâmpago e trovão?

Imagem: Unsplash

O relâmpago refere-se à descarga elétrica brilhante e intensa que ocorre na atmosfera durante uma tempestade elétrica. Ele é causado pela separação de cargas elétricas dentro de nuvens de tempestade, especialmente as cumulonimbus, onde partículas de gelo subindo e gotículas de água ou granizo descendo criam uma diferença de potencial elétrico entre a parte superior e inferior da nuvem.

Quando essa diferença de potencial se torna grande o suficiente para superar a resistência do ar, ocorre uma descarga elétrica entre as áreas carregadas positivamente e negativamente dentro da nuvem, ou entre a nuvem e o solo. Este é o relâmpago, que pode assumir várias formas e padrões, incluindo traços de luz brilhantes, relâmpagos ramificados e descargas entre nuvens.

O trovão, por outro lado, é o som resultante do rápido aquecimento e expansão do ar ao redor da descarga elétrica do relâmpago. Quando um relâmpago ocorre, ele aquece o ar ao seu redor a temperaturas extremamente altas, em alguns casos superiores a 30.000°C. Isso causa uma rápida expansão e contração do ar, criando uma onda de choque que se propaga através da atmosfera. É essa onda de choque que ouvimos como trovão.

O trovão pode variar em intensidade e duração, dependendo da distância entre o relâmpago e o observador, bem como das condições atmosféricas e geográficas.

Imagem: Henrik A. Jonsson/Shutterstock

Uma importante diferença entre relâmpago e trovão é que o relâmpago é um evento luminoso que ocorre quase instantaneamente, enquanto o trovão é um evento sonoro que se propaga a uma velocidade finita, aproximadamente 343 metros por segundo, ou cerca de um quilômetro a cada três segundos. Isso significa que o trovão pode ser ouvido a uma certa distância do relâmpago que o causou, permitindo que estimemos a distância da tempestade.

A relação entre relâmpago e trovão é uma demonstração direta da física básica do som e da luz. O relâmpago produz uma intensa explosão de luz, enquanto o trovão é o som resultante dessa explosão. A diferença de tempo entre a visualização do relâmpago e a audição do trovão permite calcular a distância entre o observador e o local onde o relâmpago atingiu. A cada três segundos de atraso entre ver o relâmpago e ouvir o trovão, o relâmpago está aproximadamente a um quilômetro de distância.

Em resumo, relâmpagos e trovões são duas manifestações distintas do mesmo fenômeno atmosférico – tempestades elétricas. O relâmpago é a descarga elétrica brilhante que ocorre na atmosfera, enquanto o trovão é o som resultante do aquecimento e expansão do ar ao redor da descarga elétrica. Juntos, eles formam uma das mais espetaculares e imponentes manifestações da natureza.

O post Qual a diferença entre relâmpago e trovão? apareceu primeiro em Olhar Digital.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »