Brasil

Zelensky relata ‘combates ferozes’ na região de Kharkiv em meio novos avanços da Rússia

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, relatou neste domingo (12) intensos confrontos na região de Kharkiv, onde milhares de pessoas foram deslocadas após uma ofensiva russa. “Os confrontos defensivos e combates ferozes continuam em grande parte de nossa fronteira”, afirmou o chefe de Estado, acrescentando que algumas localidades “passaram de uma ‘zona cinzenta’ a uma zona de combate”. A declaração vem após a Rússia ter reivindicado a conquista de outras quatro localidades na região de Kharkiv, nordeste da Ucrânia, de onde mais de 4.000 pessoas foram retiradas em meio a uma ofensiva terrestre lançada pelas tropas russas na sexta-feira. “Um total de 4.073 pessoas foram evacuadas”, escreveu o governador de Kharkiv, Oleg Synegubov, nas redes sociais, um dia após as forças russas reivindicarem a captura de cinco localidades na região. Neste domingo, o governador de Kharkiv declarou que “todas as áreas da fronteira norte estão sob fogo inimigo quase 24 horas por dia”, afirmando que a “situação é difícil”.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

O Ministério da Defesa russo anunciou mais tarde a conquista de outras quatro cidades muito próximas da fronteira russa: Gatiche, Krasnoye, Morokhovets e Oleynikovo. Desde sexta-feira (10), as forças russas fizeram pequenos avanços nesta zona na fronteira ucraniana, que já invadiram em 2022 e da qual foram posteriormente expulsas no mesmo ano. As autoridades de Kiev estão alertando há semanas que Moscou poderia tentar atacar as regiões da fronteira no nordeste do país, aproveitando o momento em que a Ucrânia espera pela chegada da ajuda ocidental e sofre uma escassez de soldados.

As forças ucranianas estão intensificando seus ataques na Rússia e nas áreas da Ucrânia ocupadas por Moscou, sobretudo contra infraestruturas energéticas. Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas neste domingo no desabamento parcial de um edifício em Belgorod, perto da fronteira com a Ucrânia, após um ataque do Exército de Kiev, informou o ministro da Saúde russo, Mikhail Murashko.

O Ministério da Defesa russo afirmou em seu relatório matinal que a defesa aérea interceptou oito drones ucranianos durante a noite, um deles “sobre o território da região de Volgogrado”. Washington anunciou um novo pacote de ajuda militar de 400 milhões de dólares (R$ 2 bilhões na cotação atual) para Kiev horas após o início da nova operação russa, afirmando estar confiante na capacidade do Exército ucraniano de repelir qualquer ofensiva de Moscou.

*Com informações da AFP

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »