Brasil

Engenheiro José Manoel toma posse da cadeira 13 na Academia Mackenzista de Letras

Autor de 14 obras, o engenheiro José Manoel Ferreira Gonçalves assumirá a cadeira número 13 da Academia Mackenzista de Letras (AML) no dia 23 de maio, às 17h. A solenidade será no Auditório João Calvino, na Universidade Presbiteriana Mackenzie, localizada na Rua da Consolação, 930, em São Paulo. A cadeira tem como patrono o renomado Christiano Stockler das Neves. José Manoel recebeu a nomeação como novo membro da AML, em uma reunião realizada na sede da instituição em abril, onde sua indicação foi confirmada por unanimidade. “Nunca escrevi pensando em prêmios. Estou muito honrado com a grande surpresa dessa renomada universidade, uma das mais importantes do Brasil. Creio que estou conseguindo passar para os leitores um pouco do conhecimento que adquiri na vida. É, sem dúvida, uma das maiores alegrias na minha carreira de escritor”, declarou José Manoel, que cursou Engenharia Civil na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Como escritor, José Manoel tem publicações que abrangem diversas especialidades, incluindo o papel das ferrovias no sistema de transportes e crônicas sobre a política do Guarujá. Entre seus livros estão “Entre Desafios E Esperanças: Um Horizonte Inclusivo Para O Guarujá” (Editora Kotter, 2024),”A Engenharia Merece Mais: Uma Transição Necessária” (Editora Kotter, 2023) e “O Trem do Meu Destino” (Editora Kotter, 2021). “Já escrevi 14 livros e tenho outros que vou lançar em breve”, promete. Além de engenheiro, José Manoel é professor, desempenhou papéis relevantes na UNIP, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e entidades de engenharia, arquitetura e agronomia, além de ter sido repórter da Jovem Pan.

Saiba mais sobre a formação do homenageado

José Manoel Ferreira Gonçalves é pós-doutorado em Sustentabilidade e Transportes na Universidade de Lisboa e engenheiro civil pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Também é formado em jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero. É bacharel em Direito pela Universidade Santa Cecília; e cientista político pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Com Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba, ele também detém um Mestrado em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Itajubá e especializações em Geoprocessamento e Transportes e Meio Ambiente pelas universidades Federal do Rio de Janeiro e Lisboa, respectivamente.

Fundador e presidente da ONG Ferro Frente e da Associação Guarujá Viva, José Manoel é um defensor intransigente das ferrovias e do desenvolvimento sustentável. Desenvolveu o Portal SOS Planeta e integra conselhos voltados à engenharia e mobilidade urbana focada na democracia e sustentabilidade.

Saiba mais sobre a AML

A AML é vinculada à Universidade Presbiteriana Mackenzie e conta com uma formatação e um histórico que remonta há 200 anos, pois é baseada na Academia Francesa, modelo replicado pela Academia Brasileira de Letras (ABL), a qual tem como patronos nomes como Machado de Assis e Ruy Barbosa.

Assim como a ABL, a Academia Mackenzista tem 40 cadeiras vitalícias e seus membros são importantes figuras de diversas áreas do conhecimento, graduadas ou que pertencem ao magistério ou direção da Universidade Presbiteriana Mackenzie há pelo menos cinco anos. Ela é a primeira e única academia de letras do Brasil vinculada a uma universidade.

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »