Brasil

Nível do Guaíba atinge menor medição desde início das enchentes no RS

O nível do Guaíba, no Rio Grande do Sul, atingiu, nesta terça-feira (21) a menor marca desde o início das enchentes. Segundo informações do DRHS/SEMA-RS (Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul), o nível do Guaíba atingiu 4,05m. O volume do lago ainda está 1,05m acima do nível de transbordamento, o que preocupa os especialistas devido à possibilidade de chuvas e ao efeito do vento. O relatório do IPH (Instituto de Pesquisas Hidráulicas) da UFRGS indica que o nível do lago deve diminuir para abaixo de 4m entre hoje e amanhã, mas a duração dos níveis elevados ainda é uma preocupação. Segundo a ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), o nível do Guaíba vem diminuindo, mas ainda há preocupações com a possibilidade de novas chuvas e fortes ventos. O Instituto de Pesquisas Hidráulicas da UFRGS prevê que o nível do lago deve ficar abaixo dos 4 metros ainda esta semana.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Os pesquisadores alertam para a possibilidade de represamento do Guaíba devido aos ventos fortes previstos para sexta-feira, o que poderia elevar o nível para cerca de 4 metros. Além disso, as chuvas previstas para a semana podem contribuir para prolongar a cheia acima de 3 metros em junho. Os rios afluentes ao lago também estão em processo de redução dos níveis, com o Taquari e Cai em recessão moderada, e Sinos e Jacuí com redução mais lenta. Há previsão de ventos fortes do sul na sexta-feira, o que pode causar um represamento do Guaíba e elevar novamente o nível da água. Além disso, as chuvas previstas para a semana podem contribuir para a elevação dos níveis e prolongar a cheia acima de 3m em junho, conforme aponta o relatório.

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »