Guarujá

Segurança morre após levar cabeçada e capacetadas de cliente que não quis pagar a conta; VÍDEO


Amilcar Silva dos Santos, de 49 anos, permaneceu por mais de duas semanas internado em um hospital de São Vicente (SP). O suspeito foi identificado pela polícia, que pediu a prisão preventiva dele à Justiça. Amilcar Silva Santos, segurança agredido com capacetadas em boate de São vicente (SP), morre após duas semanas na UTI
Reprodução
O segurança de 49 anos, agredido com uma cabeçada e capacetadas por um cliente, de 26, morreu depois de duas semanas internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Vicentino. Amilcar Silva dos Santos trabalhava em uma boate em São Vicente (SP) e havia se aproximado do agressor, que não queria pagar a conta, para retirá-lo da casa noturna, momento em que foi golpeado.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
A esposa, Beatriz Leite, contou ao g1 que o estado de saúde do marido se agravou no último sábado (25), quando precisou ser intubado. A vítima morreu na segunda-feira (27). “Não tenho a menor condição de ver nada. […] eu nem entrei em detalhes [com os médicos] porque a tristeza já veio com a notícia”, disse Beatriz.
Amilcar trabalhava há 22 anos como segurança. Devido aos golpes, ele sofreu um traumatismo craniano, ficou em coma e permaneceu na UTI até morrer. “A gente já sabe que a causa da morte. Com certeza foi a agressão”, disse ela, que ainda não tem informações sobre o velório e sepultamento.
Leia mais
PROCESSO: Vereador que se recusou a ler projeto de lei LGBTQIA+ é alvo de denúncias no Ministério Público; VÍDEO
VÍDEO: Criminosos provocam acidente de trânsito, sequestram e roubam R$ 27 mil de idosa
CONFUSÃO: Cunhado de vereador é filmado socando controlador de acesso em pronto-socorro; ASSISTA
Segurança foi agredido com cabeçada e capacetadas em uma boate em São Vicente, SP
Reprodução
Amilcar era da paz
Na última semana, a equipe de reportagem havia conversado com Beatriz que, na ocasião, contou que o marido era pacífico, que tentava resolver as situações na base da paz.
“Até agora a gente não entendeu o porque da agressão. As imagens mostram ele conversando com a pessoa e logo, em seguida, começam as agressões”, disse ela à época.
Ela lamentou, ainda, o fato do cliente não ter sido preso. “É injusto porque a pessoa fez o que fez e continua impune né? É uma injustiça muito grande isso”.
O caso foi registrado como lesão corporal, mas deve ser atualizado para homicídio no 2° Distrito Policial de São Vicente, onde é investigado. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) disse que diligências são realizadas para localizar e prender o suspeito.
O crime
Segurança é agredido com capacetadas por cliente que não quis pagar comanda em boate
De acordo com o boletim de ocorrência obtido pelo g1, o segurança da boate havia retirado o cliente do estabelecimento devido ao comportamento inconveniente. O homem que foi expulso, como resposta, então agrediu a vítima com uma cabeçada no rosto e capacetadas.
Ainda com base no BO, o agressor fugiu do local sem prestar socorro ao segurança e, quando os policiais militares chegaram à casa noturna para atender a ocorrência, o estabelecimento já estava fechado. A vítima havia sido socorrida e levada de ambulância ao hospital.
Nas imagens, gravadas por uma câmera de monitoramento da boate, é possível ver um tumulto enquanto o suspeito, de camiseta preta, agredia o segurança com o capacete. Já no chão, a vítima foi socorrida por testemunhas, enquanto o agressor escapou.
Em nota, na ocasião, a Prefeitura de São Vicente informou que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para atender a ocorrência, registrada em 9 de maio, na Rua General Mário Hermes da Fonseca, no bairro Esplanada dos Barreiros.
Ao chegarem no local, os profissionais da saúde encontraram o homem com escoriações no rosto. Após os primeiros atendimentos, ele foi encaminhado ao Pronto-socorro Central. A vítima foi transferida à Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Vicentino.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »