Guarujá

Cetesb fiscaliza mais de 7 mil veículos movidos a diesel nas rodovias da Baixada Santista e do Vale do Ribeira


Ação contou com a participação dos técnicos da Engenharia e Qualidade Ambiental e de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb e com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Veículos são multados por excesso de emissão de fumaça preta nas rodovias do litoral de São Paulo.
Cetesb/Divulgação
A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) fiscalizou, na última terça-feira (11), a emissão de poluentes em 7.019 mil veículos movidos a diesel que trafegaram nas rodovias Cônego Domênico Rangoni e dos Imigrantes, na Baixada Santista, e na Rodovia Régis Bittencourt, no Vale do Ribeira.
✅ Clique aqui para seguir o novo canal do g1 Santos no WhatsApp.
Todo ano, durante o outono, a Cetesb realiza a fiscalização devido ao período mais seco e de pouco vento, momento em que as partículas de poluição ficam suspensas no ar.
De acordo com a companhia, os maiores poluidores das rodovias são os veículos movidos a diesel. No Brasil, mais comumente o combustível é usado em veículos pesados, como ônibus e caminhões.
Ao todo, a Cetesb realizou a inspeção em 21 pontos distribuídos pelas rodovias do estado. Sendo três na região do Vale do Ribeira e da Baixada Santista.
Na Rododovia dos Imigrantes, 2.100 veículos foram fiscalizados, na Cônego Domênico Rangoni foram 3.165 e 1.754 na Rodovia Régis Bittencourt.
Fiscalização
Ação ocorreu na última terça-feira (11) nas rodovias de São Paulo.
Divulgação/ Governo do Estado de São Paulo
Para constatar a emissão excessiva, os técnicos da Cetesb utilizaram a Escala de Ringelmann, uma régua gráfica para avaliação visual, com tonalidades que vão do branco ao preto, em uma proporção de 1 a 5. Sendo 1 a fumaça mais clara e menos poluente e 5 a fumaça mais escura e mais poluente.
São multados os veículos que emitem as fumaças na coloração 3, 4 ou 5. Em todo estado, foram fiscalizados 35.466 veículos. Na Rodovia dos Imigrantes, seis veículos foram autuados. A multa custa R$ 2.121,60.
A operação contou com a participação dos técnicos das diretorias de Engenharia e Qualidade Ambiental e de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb e com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, além de agentes das concessionárias das rodovias.
VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »