Geral

Ministro do STF diz que Moro e Dallagnol ‘roubavam galinhas juntos’ na Lava Jato

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes fez uma declaração polêmica durante uma reunião particular com o senador e ex-juiz Sérgio Moro, afirmando que Moro e o ex-procurador Deltan Dallagnol “roubavam galinhas juntos” durante a Operação Lava Jato. A fala de Gilmar ocorreu durante o julgamento de uma reclamação da Procuradoria-Geral da República contra o encerramento de uma ação envolvendo a empreiteira Queiroz Galvão. O encontro entre Moro e Gilmar aconteceu no gabinete do ministro em abril e foi descrito como “acalorado” pelo senador, que afirmou ter respondido a todas as questões levantadas por Gilmar. Recentemente, Moro se tornou réu no STF por supostamente caluniar Gilmar Mendes em um vídeo de oito segundos, onde o ex-juiz menciona “comprar um habeas corpus de Gilmar Mendes”. Durante o julgamento da reclamação da PGR, Gilmar criticou a atuação do Ministério Público Federal no Paraná, liderado por Dallagnol, e da 13º Vara Federal de Curitiba, chefiada por Moro durante a Lava Jato. Após o voto de Gilmar, o ministro André Mendonça pediu mais tempo para analisar o processo, interrompendo temporariamente o julgamento. A declaração de Gilmar Mendes gerou repercussão e polêmica no cenário político brasileiro, levantando questionamentos sobre a conduta de Moro e Dallagnol durante a Operação Lava Jato.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Publicado por Tamyres Sbrile

*Reportagem produzida com auxílio de IA

 

Facebook Comments Box

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Translate »